Lorenzo revela que foi informado pela Yamaha sobre negociação com Rossi: “Está tudo bem”

Jorge Lorenzo revelou para a revista britânica ‘Motorcycle News’ que foi informado pela cúpula da Yamaha sobre a negociação com Valentino Rossi no GP da Itália. Espanhol descartou problemas com antigo companheiro e disse não se importar com quem será seu parceiro

As férias da MotoGP mal começaram, mas os olhos dos fãs das categoria seguem acompanhando toda a movimentação referente ao futuro de Valentino Rossi. Com o contrato com a Ducati chegando ao fim, o italiano saiu de férias avaliando renovar com o time de Borgo Panigale ou retornar para a Yamaha, onde, segundo o próprio piloto, viveu o período mais bonito de sua carreira.

A possível volta do italiano à casa de Iwata também atraiu os holofotes para Jorge Lorenzo. A dupla não teve um bom relacionamento quando dividiu os boxes da equipe, mas parece ter aposentado a artilharia. Valentino já afirmou que não tinha problemas com o campeão de 2010, mas que ficou chateado por o time ter colocado um companheiro tão forte ao seu lado. Rossi também chegou a agradecer Jorge nesta temporada por seguir acreditando em sua capacidade de vencer corridas apesar de todos os problemas vividos na Ducati.
 

Lorenzo contou que Yamaha o informou sobre negociação com Rossi na Itália (Foto: MotoGP)

Em entrevista à revista britânica ‘Motorcycle News’ durante o fim de semana em Laguna Seca, Lorenzo revelou que foi informado sobre as negociações com o multicampeão na etapa da Itália por Lin Jarvis, chefe da Yamaha, e voltou a afirmar que não vê problemas em reeditar a parceria.

“Ele já falou comigo sobre isso na última corrida e para mim está tudo bem”, disse Lorenzo. “Devo ficar focado no meu trabalho e isso significa tentar vencer corridas com a Yamaha e eu não me preocupo muito com meu companheiro. Com o Valentino nós vencemos muitas corridas e éramos um time muito bom”, considerou.

“Para a mídia foi fantástico e para a Yamaha talvez seja uma coisa boa assinar com Valentino e tentar voltar com duas motos em primeiro e segundo”, avaliou. “Nunca me preocupei com quem seria meu companheiro e quando estava negociando o contrato, não pensei no segundo piloto”, completou.

As fontes oficiais seguem em silêncio, mas os rumores aumentam a cada minuto. O boato mais recente é que Valentino assinou com a Yamaha nesta sexta-feira (3) em Amsterdam.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube