Marc Márquez recebe liberação para treino mais intenso e se aproxima de volta à MotoGP

14 semanas após a terceira cirurgia no braço direito, os médicos constataram uma consolidação satisfatória no úmero do piloto da Honda. Assim, o hexacampeão já pode intensificar treinos de força e mobilidade

A equipe divulgou um vídeo que mostra como o piloto tem se preparado para voltar a tempo de disputar a primeira etapa de 2021 (Vídeo: Honda)

Às vésperas do início da temporada 2021 da MotoGP, Marc Márquez recebeu uma notícia positiva dos médicos. 14 semanas após a terceira cirurgia no braço direito, o piloto da Honda passou uma revisão e foi liberado para intensificar os treinamentos de força e mobilidade.

O hexacampeão está afastado da MotoGP desde julho do ano passado, quando caiu ainda na primeira etapa da temporada e quebrou o braço direito. Desde então, o espanhol de Cervera passou por três cirurgias e ainda não tem data para voltar.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Marc Márquez foi liberado para intensificar os treinos (Foto: Repsol)

GALERIA
As imagens do terceiro dia de testes da MotoGP no Catar

Nesta sexta-feira (12), a Honda divulgou um novo comunicado sobre o estado de saúde de Márquez. A revisão médica constatou uma consolidação satisfatória do úmero direito e colocou o hexacampeão mais próximo de um retorno à MotoGP.

“Na revisão médica feita em Marc Márquez 14 semanas após a cirurgia por uma pseudoartrose infectada no úmero direito, a equipe médica liderada pelos médicos Samuel Antuña e Ignacio Roger de Oña verificou clinica e radiologicamente progresso satisfatório na consolidação do osso”, diz o comunicado da Honda. “A partir deste momento, Márquez pode intensificar o programa de recuperação de força e mobilidade, com a meta de gradualmente voltar às competições”, completa.

No início da semana, a equipe nipônica já tinha divulgado uma entrevista na qual Márquez se dizia cada vez mais próximo de voltar. O espanhol, porém, prometeu que vai cumprir todas as orientações médicas.

“Agora as coisas estão indo muito bem. Estou cada vez melhor na academia e a diferença entre o braço esquerdo e o direito é muito menor. Fisicamente, estou no ponto em nível de cárdio e tórax, que é o mais importante. Agora estou esperando que o médico me dê alta em nível ósseo e que muscularmente eu me sinta bem para pegar uma moto, mas me sinto cada vez mais próximo”, relatou Marc.

Antes de subir na MotoGP, Marc planeja testar a própria condição com uma moto menor.

“Quando me derem alta, gostaria de poder pilotar uma moto de novo antes de uma MotoGP para ver como estou. Aí voltarei o mais cedo possível, mas sempre quando estiver pronto e com força e capacidade suficientes”, completou.

LEIA TAMBÉM
Bastianini, Martín e Marini: os novatos da MotoGP em 2021

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube