Márquez admite ser “quase impossível” igualar número de títulos de Agostini

Marc Márquez se isentou de fazer previsões sobre o futuro de sua carreira. Ao falar sobre Giacomo Agostini, que tem 15 títulos no Mundial de Motovelocidade, o espanhol admitiu ser quase impossível alcançar os números do italiano

Marc Márquez não quer criar grandes expectativas com suas conquistas do futuro. Recém-conquistado seu sexto título na MotoGP, o espanhol desconversou ao falar sobre alcançar os números de Giacomo Agostini.
 

O italiano tem um grande histórico no Mundial de Motovelocidade. Correndo entre os anos de 1964 e 1977 e passando por três equipes, conquistou nada menos que 15 títulos, alguns dele sendo das 350 cc e 500 cc no mesmo ano. Além disso, tem cinco vice-campeonatos.
 
Enquanto isso, no GP da Tailândia, o titular da Honda alcançou seu sexto caneco na classe rainha, somando oito títulos no Mundial. Entretanto, o #93 não vê muitas possibilidades de alcançar as marcas conquistadas pelo ex-piloto.
Giacomo Agostini (Foto: Reprodução)

“Eu me dou bem com ele e já ouvi essa previsão antes. Não gosto da palavra impossível, nunca vou dizer isso, mas diria que é quase impossível”, reconheceu.
 

“Significa vencer o dobro do que já conquistei hoje. Nunca fui obcecado por um número ou um nome – apenas aproveito minha paixão por corridas. Me sinto muito sortudo que este é meu trabalho, onde tento fazer meu melhor”, seguiu.
 
Valentino Rossi já comentou sobre o desempenho do espanhol. Dono de nove títulos no Mundial, o italiano admitiu que Márquez pode alcançar seus números muito em breve, apesar de ter sido tirado um caneco no passado.
 

Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube