Márquez segura Viñales para liderar terceiro treino livre da MotoGP em Silverstone por apenas 0s003

Marc Márquez garantiu a liderança na terceira sessão de treinos livres da MotoGP por uma diferença de 0s003 para Maverick Viñales. Cal Crutchlow ficou com o terceiro tempo em Silverstone

Marc Márquez foi o mais rápido na terceira sessão de treinos livres para o GP da Grã-Bretanha. O líder da MotoGP aproveitou a parte final da sessão da manhã deste sábado (3) para assegurar o melhor tempo do fim de semana, à frente de Maverick Viñales e Cal Crutchlow.
 
Primeiro a entrar na casa de 2min00s, o piloto da Honda viu Viñales apertar fortemente o ritmo na volta final em Northamptonshire, mas o piloto da Suzuki perdeu tempo no trecho final da pista e acabou a 0s003 do melhor tempo.
Marc Márquez foi o mais rápido nesta manhã (Foto: Honda)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Líder da sexta-feira, Iannone sofreu uma queda em meados da sessão, mas conseguiu assegurar o terceiro tempo, 0s116 mais lento que o #93.
 
Cal Crutchlow voltou a mostrar bom ritmo e ficou com o quarto tempo, à frente de Jorge Lorenzo, que hoje começou a usar o novo braço oscilante desenvolvido pela Yamaha.
 
Scott Redding aparece na sequência, à frente de Andrea Dovizioso e Dani Pedrosa. Aleix Espargaró ficou com o nono posto, com Valentino Rossi aparecendo para completar um top-10 separado por 1s109.
 
Estreante, Alex Lowes segue impressionando. O britânico ficou como 16º tempos, 2s137 atrás do líder.
 
Saiba como foi o terceiro treino da MotoGP em Silverstone:
 
Depois de um dia bem feio na sexta-feira, o sábado em Silverstone amanheceu com um clima ligeiramente melhor, com as nuvens carregadas dando lugar a um céu parcialmente nublado. A temperatura subiu para 15°C, com o asfalto apenas um grau mais quente. Os ventos sopravam a uma velocidade de 5 km/h.
 
Após os testes realizados no primeiro dia, Rossi foi para a pista com o novo chassi da Yamaha, mas deixou de lado o braço oscilante que tinha testado em Brno. Lorenzo, por sua vez, segue sem tocar no chassi, mas começou o treino com o braço novo.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Nesta manhã, os pilotos tinham a meta de garantir uma vaga no top-10 combinado. Quando o cronômetro foi acionado, Iannone, Viñales, Crutchlow, Lorenzo, Márquez, Rossi, Dovizioso, Aleix, Pedrosa e Redding eram os pilotos que tinham vaga provisória direto no Q2.
 
O primeiro a melhorar sua marca foi Redding, que baixou para 2min02s461, mas permaneceu em décimo, 1s040 atrás de Iannone, o líder.
 
Sem muitas mudanças em comparação com o dia anterior — com exceção de Redding, Alex Lowes e Tito Rabat —, os pilotos partiram para os boxes. Na sessão, o líder era Márquez, enquanto Iannone seguia no topo com o resultado combinado.
 
Antes de parar, Bautista perdeu a frente da RS-GP na Farm, a 12ª curva de Silverstone e caiu, mas não se feriu. E o dia da Aprilia não era lá dos melhores, já que Bradl tinha voltando aos boxes aparentando um problema com o protótipo.
 
De volta à pista, Viñales conseguiu melhorar sua marca, atingindo 2min01s539, mas ainda em segundo no resultado combinado, 0s118 atrás de Iannone.
 
Aleix Espargaró também se juntou à lista de pilotos que conseguiram baixar o tempo do dia anterior. Com 2min02s349, o catalão tinha o sétimo posto no resultado combinado, 0s928 mais lento que o ainda líder Iannone. 
Maverick Viñales ficou a 0s003 do líder (Foto: Suzuki)
O piloto da Suzuki, então, fez uma nova tentativa, melhorou mais uma vez e saltou para terceiro, 0s302 atrás de Viñales, que tinha o segundo posto na tabela.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Pouco depois, Marc Márquez também foi mais rápido — 2min02s204 —, mas seguiu com o sexto posto, agora 0s783 mais lento que Andrea.
 
Restando menos de 15 minutos para o fim da sessão, os boxes ficaram agitados mais uma vez. Na tabela combinada, as mudanças eram poucas. Iannone liderava, com Viñales, Aleix, Crutchlow, Lorenzo, Márquez, Rossi, Dovizioso, Pedrosa e Redding vindo atrás.
 
Pouco depois de voltar para a pista, Iannone sofreu uma queda na Farm, mas não se feriu e logo voltou para a moto para tentar continuar na pista. Sem conseguir ligar a Desmosedici, o italiano teve de se contentar com uma carona. 
 
De volta à pista, Lowes seguiu impressionando em sua estreia. O britânico anotou 2min03s081 e saltou para o 14º posto, 1s660 atrás do tempo que mantinha Iannone no topo da tabela combinada.
 
Na sequência, Crutchlow virou em 2min01s241 e, enfim, tirou Iannone do comando da MotoGP, abrindo 0s180 de margem para o piloto da Ducati, que já tinha retornado à pista com a moto reserva.
 
Pol Espargaró também foi mais rápido e subiu para o sexto posto no combinado, 0s922 mais lento que o líder.
 
Pouco depois, Viñales anotou 2min01s058 e pegou a ponta, mas ficou pouco por lá, já que Márquez foi 0s114 melhor.
 
Dovizioso também avançou e passou a ocupar o sexto posto no resultado combinado, à frente de Aleix, Redding, Pol e Petrucci. Com dois minutos para o fim da sessão, Rossi estava fora do top-10 combinado, o que o obrigaria a passar pelo Q1 do treino classificatório.
 
Já nos instantes finais, Redding conseguiu uma melhora e pulou para o sexto posto. Pouco depois, Rossi melhorou para 2min02s053 e ficou com o nono posto no resultado combinado. Nada muito seguro, especialmente porque Petrucci e Pedrosa também tentavam melhorar. 
 
Iannone conseguiu melhorar e garantiu o terceiro posto no resultado combinado, 0s116 atrás de Márquez.
 
Pedrosa também conseguiu melhorar no fim e ficou com oitavo tempo no combinado, 0s830 atrás de Márquez.
 

#GALERIA(5769)

MotoGP, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, treino livre 3:

1 93 MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 2:00.944  
2 25 MAVERICK VIÑALES ESP SUZUKI 2:00.947 +0.003
3 29 ANDREA IANNONE ITA  DUCATI 2:01.060 +0.116
4 35 CAL CRUTCHLOW ING LCR HONDA 2:01.241 +0.297
5 99 JORGE LORENZO ESP YAMAHA 2:01.506 +0.562
6 45 SCOTT REDDING ING PRAMAC DUCATI 2:01.562 +0.618
7 4 ANDREA DOVIZIOSO ITA DUCATI 2:01.659 +0.715
8 26 DANI PEDROSA ESP HONDA 2:01.774 +0.830
9 41 ALEIX ESPARGARÓ ESP SUZUKI 2:01.841 +0.897
10 46 VALENTINO ROSSI ITA YAMAHA 2:02.052 +1.108
11 44 POL ESPARGARÓ ESP TECH3 YAMAHA 2:02.163 +1.219
12 9 DANILO PETRUCCI ITA PRAMAC DUCATI 2:02.200 +1.256
13 8 HECTOR BARBERÁ ESP AVINTIA DUCATI 2:02.855 +1.911
14 68 YONNY HERNÁNDEZ COL ASPAR DUCATI 2:02.944 +2.000
15 43 JACK MILLER AUS MARC VDS HONDA 2:03.008 +2.064
16 22 ALEX LOWES ING TECH3 YAMAHA 2:03.081 +2.137
17 50 EUGENE LAVERTY IRL ASPAR DUCATI 2:03.239 +2.295
18 76 LORIS BAZ FRA AVINTIA DUCATI 2:03.624 +2.680
19 6 STEFAN BRADL ALE APRILIA GRESINI 2:03.803 +2.859
20 19 ÁLVARO BAUTISTA ESP APRILIA GRESINI 2:04.098 +3.154
21 53 TITO RABAT ESP MARC VDS HONDA 2:04.186 +3.242
             
RECORDE DANI PEDROSA ESP HONDA 2:01.941 174.1 km/h
MELHOR VOLTA MARC MÁRQUEZ ESP HONDA 2:00.234 176.6 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 16ºC | pista: 16ºC
PADDOCK GP #44 DEBATE VITÓRIAS DE ROSBERG EM SPA E DE RAHAL NO TEXAS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube