Marc Márquez volta a Jerez para tentar correr na MotoGP dias após fratura e cirurgia

A equipe médica não queria, mas Marc Márquez voltou a Jerez. O espanhol tenta participar do GP da Andaluzia deste fim de semana, dias após cirurgia por fratura no braço

O sonho de Marc Márquez de correr na MotoGP já neste fim de semana, recém saído de operação por fratura no braço, segue vivo. A equipe Honda informou o retorno do hexacampeão a Jerez na manhã desta quinta-feira (23) para realizar testes físicos na tentativa de se liberar para o GP da Andaluzia.

Márquez chegou a Jerez vindo de Barcelona, onde realizou operação na terça-feira. O piloto retorna ao paddock da MotoGP em cima da hora: a avaliação médica da categoria acontece às 13h30 locais, 8h30 de Brasília. Caso passe no exame, está livre para participar das atividades do fim de semana normalmente. O desafio, então, passa a ser o condicionamento físico do #93.

O forte tombo levado por Marc Márquez rendeu fratura no braço direito (Foto: Reprodução)

A volta de Márquez a Jerez vai na contramão do recomendado pela equipe médica. O Dr. Xavier Mir descartou a aparição do campeão no GP da Andaluzia, apontando um retorno no GP da Tchéquia como mais prudente. O motivo é claro: a fratura no osso úmero do braço direito só foi corrigida através do uso de três parafusos de titânio. A expectativa de retorno imediato era tão baixa que, de acordo com o jornal Marca, mecânicos e engenheiros do #93 já tinham deixado Jerez. Agora, de última hora, precisam voltar também.

O retorno, mesmo que contrariando indicações médicas, ajuda Márquez a manter vivo o sonho do sétimo título ainda em 2020. O espanhol já começa a temporada no prejuízo após o forte acidente no GP da Espanha, vencido por Fabio Quartararo. Perder novas corridas tornaria a reação na MotoGP uma verdadeira missão impossível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube