Masià surge no fim e lidera terceiro treino do GP de Portugal da Moto3. Arenas é 2º

Na última volta rápida da sessão, o espanhol anotou 1min47s851 para ficar na ponta do último treino livre. Albert Arenas e Jeremy Alcoba completam o top-3

Jaume Masià começou bem o sábado (21) do GP de Portugal da Moto3. No terceiro treino livre em Portimão, o espanhol anotou 1min47s851 para encerrar a sessão da parte da manhã como o mais rápido.

O competidor da Gresini surgiu no final e anotou o seu tempo na 14ª, e última, volta. Quem apareceu na segunda colocação foi Albert Arenas, líder da classificação, ficando a 0s303 do primeiro colocado. Jeremy Alcoba completou o top-3.

Jaume Masià foi o mais rápido em Portimão (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Com o tempo de 1min47s918, 0s520 mais lento que o ponteiro, Gabriel Rodrigo se colocou no quarto posto da tabela, com Deniz Öncü fechando o rol dos cinco mais velozes da sessão em Portimão.

Entre os postulantes ao título, Arenas é quem saiu melhor do treino. Ai Ogura foi o segundo da tabela ao ficar com o 15º posto ao anotar 1min48s298. Tony Arbolino teve o desempenho mais discreto ao completar a manhã em 27º.

Saiba como foi o TL3 do GP de Portugal da Moto3

A Moto3 foi quem abriu as atividades no sábado do GP de Portugal com o terceiro treino livre. O cronômetro começou a rodar e os pilotos logos deixaram os boxes para a sessão, e assim que as primeiras voltas rápidas foram completadas, Raúl Fernández foi o primeiro a se colocar na ponta com 1min49s474.

No andamento da sessão, as posições mudaram na tabela de tempos, com Jaume Masià, andando rápido durante todo o final de semana, assumindo a primeira posição com 1min49s099. Apenas 0s045 atrás aparecia o líder Albert Arenas, com Deniz Öncü completando o top-3.

Metade do treino completado e a direção de prova aponta que Alonso López, Darryn Binder, Jason Dupasquier, Maximiliam Kofler, e Carlos Tatay terão de cumprir a punição de volta longa por direção irresponsável durante o segundo treino, ainda na sexta-feira.

Nos tempos combinados das três atividades em Portimão, a ordem que aparecia era Arenas, Jeremy Alcoba, Tatsuki Suzuki, Fernández, Masià, Dennis Foggia, Öncü, Tony Arbolino, Ai Ogura, Stefano Nepa, Romano Fenati, John McPhee, Dupasquier e Sergio García formavam a lista dos 12 que avançavam provisoriamente ao Q2 da classificação.

Após o pit-stop programado, os pilotos começavam a voltar aos poucos para a pista. Fernández fez 1min48s072 em sua décima volta rápida e era o líder da sessão, com Foggia 0s382 atrás do piloto da KTM Ajo. McPhee, Ayumu Sasaki e Alcoba tratavam de completar o top-5.

Entre os postulantes ao título, com nove minutos para a bandeirada final, Ogura era quem estava melhor ao aparecer em sexto. Logo depois vinha Arenas, o 11º, com Arbolino mais para trás, ocupando o 19º posto.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube