Michelin culpa estilo de pilotagem por dificuldade de Rossi com pneu traseiro

Depois do primeiro de dia de treinos para o GP da Espanha, Valentino Rossi se queixou de superaquecimento no pneu traseiro. Chefe da Michelin, Piero Taramasso se disse confiante de que o #46 vai conseguir solucionar o problema

Chefe da Michelin, Piero Taramasso avaliou que os problemas de Valentino Rossi com a temperatura do pneu traseiro são causados pelo estilo de pilotagem do italiano. O #46 conseguiu vaga direto no Q2 na manhã deste sábado (18), mas tinha encerrado a sexta-feira apenas com o 13º tempo.

Após os treinos de sábado, o titular da Yamaha ressaltou que encontrou os mesmos problemas que marcaram a temporada passada no forte calor de Jerez de la Frontera.

Valentino Rossi se queixou dos mesmos problemas do ano passado (Foto: Yamaha)

“Foi um dia difícil para mim, porque eu nunca fui rápido. De manhã foi um pouco melhor, mas, de tarde, nós tivemos um pouco mais de dificuldade”, disse Rossi na sexta. “Parece que estamos sempre encrencados com a temperatura do pneu traseiro e a aderência do pneu traseiro. De manhã, o clima estava mais frio, então fiquei um pouco mais próximo, mas, de tarde, com as temperaturas mais altas, sofri mais”, seguiu.

“Foi difícil. Não estou muito confortável com a moto e também não posso entrar muito rápido na curva”, relatou. “Meu problema segue sendo muito similar ao ano passado, quando sofria mais com a aderência e a temperatura do pneu traseiro. Então precisamos encontrar um jeito de melhorar”, defendeu.

À emissora italiana Sky, Taramasso declarou que acredita que Rossi conseguirá encontrar um jeito de contornar a dificuldade.

“Não é segredo que Valentino tem esse problema, isso vem de longa data”, disse Taramasso. “Rossi tem um estilo de pilotagem particular, ele inclina menos a moto do que outros pilotos, por isso ele estressa mais o pneus na parte de fora. Assim, a temperatura do pneu aumenta”, seguiu.

“Tenho certeza, porém, que ele conseguirá resolver esse problema”, concluiu.

Na manhã deste sábado, o #46 cravou 1min37s130 e, 0s324 mais lento que o líder Fabio Quartararo, conseguiu avançar direto para o Q2 da classificação.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Espanha, segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Paddockast #70 | O QUE ESPERAR DA MOTOGP 2020?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube