Morbidelli bate Quartararo e lidera segundo treino na Espanha. Marc e Álex Márquez caem

Em uma tarde de muito sol, as Yamaha da SRT se destacaram e comandaram o TL2 do GP da Espanha. Estreante na MotoGP, Brad Binder foi a melhor KTM e superou Marc Márquez, que sofreu uma queda sem maiores consequências

LEIA TAMBÉM
A culpa é do gado? Iannone alega que doping foi por carne contaminada

Franco Morbidelli deu o tom da segunda sessão de treinos livres da MotoGP para o GP da Espanha. Com 1min38s125, o ítalo-brasileiro puxou uma dobradinha da SRT com Fabio Quartararo. Brad Binder colocou a KTM no terceiro posto.

Em uma tarde de forte calor, foram as Yamaha satélite que se destacaram. As Honda de fábrica, por outro lado, tiveram uma atividade menos memorável, com quedas de Marc e Álex Márquez. Os dois, porém, escaparam sem lesões importantes.

SRT, MotoGP 2020, Jerez, Franco Morbidelli
Franco Morbidelli liderou a dobradinha da SRT (Foto: SRT)

Na 17ª das 20 voltas que realizou, Morbidelli cravou 1min38s125 para passar Quartararo por 0s027. Mais 0s098 atrás, o estreante Binder foi a melhor KTM.

0s244 mais lento que o #21, Marc Márquez ficou com o quarto posto, 0s003 melhor que Pol Espargaró, o quinto. Cal Crutchlow completa o top-6.

Com 1min38s596, Maverick Viñales ficou com o sétimo posto, à frente de um Johann Zarco 0s014 mais lento. Andrea Dovizioso foi a melhor Ducati, em nono, seguido por Francesco Bagnaia.

Iker Lecuona chegou a aparecer mais para cima da tabela, mas acabou em 12º, 0s691 atrás do líder. Danilo Petrucci foi 13º, com Álex Rins só em 14º, seguido por Aleix Espargaró e Joan Mir,

Insatisfeito com o equilíbrio da YZR-M1, Valentino Rossi ficou apenas com o 20º tempo, 1s097 mais lento que o pupilo na VR46. Álex Márquez foi 0s382 mais lento que o multicampeão e ficou em 21º, com Bradley Smith em último.

Saiba como foi o segundo treino livre da MotoGP em Jerez:

Tal qual nesta manhã, a sessão da tarde contou com sol, mas temperaturas consideravelmente elevadas. Quando a MotoGP voltou para a pista, os termômetros marcavam 36°C, com o asfalto chegando a 54°C.

Com 1min39s291, Álex Rins abriu a sessão vespertina na ponta, 0s086 à frente de Aleix Espargaró. Fabio Quartararo e Franco Morbidelli apareciam em seguida.

Marc Márquez apareceu na volta seguinte com 1min39s063 e tomou a ponta, 0s228 melhor que Rins, que também foi superado por Francesco Bagnaia logo na sequência.

Depois de ficar de fora de quase metade do primeiro treino do dia, Quartararo não perdeu tempo nesta tarde. Com 1min38s585, o #20 se instalou no topo da tabela, 0s142 melhor que Morbidelli que avançou para a segunda colocação. Márquez caiu para terceiro, à frente de Rins e Miguel Oliveira.

Ainda nos primeiros minutos da sessão, Álex Márquez escorregou e caiu na curva 8, mas escapou de maiores lesões.

Na primeira rodada de pit-stops, Quartararo se manteve na ponta com 1min38s152, 0s217 melhor que Marc. Bagnaia tinha o terceiro posto, seguido por Morbidelli, Dovizioso, Pol Espargaró, Binder, Aleix Espargaró, Rins e Lecuona. Rossi, que mais cedo sofreu com o desgaste de pneus, vinha em 18º.

Restando cerca de 20 minutos para o fim do TL2, Marc Márquez sofreu uma queda em baixa velocidade na curva 2. O #93 se levantou rapidamente e, com a ajuda dos fiscais, colocou a RC213V para funcionar e voltou para a pista.

Marc Márquez escapou de lesões na queda no TL2 (Foto: MotoGP)

Enquanto isso, Danilo Petrucci saltou para o sexto posto, 0s780 mais lento que Quartararo, que seguia no topo da tabela. Companheiro de Ducati, Dovizioso também melhorou e saltou para a terceira colocação, 0s462 mais lento que o ponteiro.

Pouco depois, foi Aleix Espargaró quem levou um belo susto na curva 6, mas o catalão conseguiu se manter na Aprilia e seguiu para os boxes.

Quem não vinha em uma boa sessão era Valentino Rossi. O #46 tinha 1min39s643 como melhor tempo e ocupava a penúltima colocação, 1s491 atrás de Quartararo, que seguia na ponta.

Na hora do último pit-stop da sessão, Quartararo seguia na ponta, com Marc Márquez, Dovizioso, Bagnaia, Morbidelli, Viñales, Zarco, Aleix Espargaró, Petrucci e Rins formando o top-10.

Na volta à pista, era hora do ataque à tabela de tempos. Iker Lecuona foi o primeiro a avançar, saltando para a sétima colocação, 0s694 atrás do ponteiro. Morbidelli fez o mesmo e subiu para terceiro, 0s321 mais lento que o parceiro de SRT.

Franco seguiu forte e, com 1min38s125, tomou a ponta de Quartararo por 0s027. Brad Binder também avançou e agora aparecia em terceiro, só 0s125 atrás do ponteiro. Marc caiu para a quarta posição, seguido por Crutchlow e Dovizioso. Rossi vinha em 18º.

Faltando pouco mais de dois minutos para a quadriculada, Pol Espargaró pulou para o quinto lugar, passando Cal Crutchlow. Johann Zarco também melhorou e agora ocupava o sétimo lugar.

Viñales também conseguiu melhorar e subiu para a sétima posição, 0s471 atrás de Morbidelli. Zarco vinha 0s014 atrás.

O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Espanha, segunda etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

MotoGP 2020, GP da Espanha, Jerez, treino livre 2

1F MORBIDELLISRT Yamaha1:38.125 
2F QUARTARAROSRT Yamaha1:38.152+0.027
3B BINDERKTM1:38.250+0.125
4M MÁRQUEZHonda1:38.369+0.244
5P ESPARGARÓKTM1:38.372+0.247
6C CRUTCHLOWLCR Honda1:38.390+0.265
7M VIÑALESYamaha1:38.596+0.471
8J ZARCOAvintia Ducati1:38.610+0.485
9A DOVIZIOSODucati1:38.614+0.489
10F BAGNAIAPramac Ducati1:38.625+0.500
11T NAKAGAMILCR Honda1:38.687+0.562
12I LECUONATech3 KTM1:38.816+0.691
13D PETRUCCIDucati1:38.836+0.711
14A RINSSuzuki1:38.845+0.720
15A ESPARGARÓAprilia Gresini1:38.904+0.779
16J MIRSuzuki1:38.933+0.808
17M OLIVEIRATech3 KTM1:39.004+0.879
18J MILLERPramac Ducati1:39.156+1.029
19T RABATAvintia Ducati1:39.181+1.056
20V ROSSIYamaha1:39.222+1.097
21A MÁRQUEZHonda1:39.604+1.479
22B SMITHAprilia Gresini1:39.703+1.578

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube