Nakagami coloca Honda na ponta no primeiro treino em Brno. Quartararo é 13º

Com Marc Márquez ausente, Takaaki Nakagami assumiu a bandeira da Honda e liderou um top-3 marcado pela presença de três marcas. Líder da MotoGP, Fabio Quartararo ficou com o 13º tempo na manhã desta sexta-feira (7)

LEIA TAMBÉM
Máscaras, marmitas, distância e confinamento: a nova rotina da pandemia na MotoGP

Le jour de gloire est arrivé!: Quartararo reescreve história da França na MotoGP

Takaaki Nakagami encontrou mesmo um jeito de extrair uma performance melhor da Honda de 2019. Com Marc Márquez fora de combate, o piloto da LCR se agarrou nos dados do hexacampeão e voltou a mostrar performance na manhã desta sexta-feira (7). Com 1min57s353 na melhor de suas 17 voltas, o japonês assegurou o comando do TL1 em Brno.

0s011 mais lento, Joan Mir apareceu para colocar a Suzuki no segundo posto, só 0s028 à frente de Pol Espargaró. O catalão manteve a KTM na ponta na maior parte da sessão, mas acabou perdendo um pouco nos minutos finais da atividade na Tchéquia.

Takaaki Nakagami é o único com moto desatualizada da Honda (Foto: Reprodução)

Melhor Ducati, Johann Zarco aparece em quarto, seguido por Maverick Viñales, que sofreu uma queda ainda no início da sessão. Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci completam o top-7.

Com um par de pneus duros, Valentino Rossi cravou 1min57s646 e ficou com o oitavo posto, 0s072 à frente de Franco Morbidelli, o nono. Cal Crutchlow completa um top-10 coberto por 0s400.

Aleix Espargaró colocou a Aprilia na 11ª colocação, seguido por Álex Rins, que ainda se recupera de uma lesão no ombro sofrida no GP da Espanha, na abertura da temporada. Líder do Mundial, Fabio Quartararo foi 0s478 mais lento que o líder e acabou em 13º.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Tchéquia, quarta etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Saiba como foi o primeiro treino da MotoGP em Brno:

Depois de dias de muito calor em Jerez de la Frontera, a MotoGP reencontrou o sol de verão europeu em Brno nesta sexta-feira (7), mas com temperaturas mais amenas. Quando o cronômetro passou a contar os 45 minutos do TL1, os termômetros marcavam 26°C, com o asfalto chegando aos 31°C.

Ainda no início da sessão, Maverick Viñales sofreu uma queda na curva 13, mas escapou de lesões mais sérias e tratou de levar a moto de volta aos boxes pela via de serviço.

Enquanto isso, Pol Espargaró se instalou na ponta da tabela com 1min57s607, seguido por Danilo Petrucci, Andrea Dovizioso e Johann Zarco. Franco Morbidelli tinha o quinto posto.

O #44 da KTM melhorou na sequência e se manteve na ponta, mas agora co Morbidelli na segunda colocação, seguido por Petrucci, Álex Rins, Fabio Quartararo e Francesco Bagnaia.

Na primeira rodada de pit-stops, Pol ainda tinha a liderança, 0s326 melhor que Morbidelli. Com 1min57s740, Takaaki Nakagami aparecia em terceiro, à frente de Petrucci, Rins, Quartararo, Francesco Bagnaia, Cal Crutchlow, Joan Mir e Brad Binder.

De volta à pista, Viñales cravou 1min57s565 e saltou para o segundo posto, cortando para 0s173 a vantagem de Pol Espargaró no comando da sessão. Dovizioso seguiu o mesmo embalo e pulou para a terceira colocação, 0s067 mais lento que o espanhol da Yamaha.

Completado o segundo terço da sessão, os pilotos retornaram aos boxes para uma última parada, ainda com Pol Espargaró no comando. Viñales aparecia em segundo, escoltado por Dovizioso, Petrucci, Morbidelli, Nakagami, Crutchlow, Mir, Rins e Quartararo.

Já na reta final da atividade, Aleix Espargaró foi a 1min57s789 e assumiu a nona colocação, 0s397 atrás do irmão, que seguia no comando do primeiro treino livre.

Com um pneu médio na frente e um macio atrás, Binder foi 1min57s420 e saltou para a segunda colocação, mas logo caiu para terceiro, já que Mir virou 0s028 melhor que Pol para tomar a liderança.

Nakagami, então, anotou 1min57s353 em sua 16ª volta e assumiu a ponta, 0s011 melhor que Mir. Pol era o terceiro, seguido por Binder, Zarco, Viñales, Dovizioso, Petrucci, Rossi e Morbidelli.

Com poucos segundos para o fim da sessão, Bagnaia sofreu uma queda na curva 1 e deixou a pista um pouco dolorido.

Com o cronômetro zerado, ninguém conseguiu bater a marca de Nakagami, que assegurou a ponta com 0s011 de margem para Mir.

MotoGP 2020, GP da Tchéquia, Brno, treino livre 1

1T NAKAGAMILCR Honda1:57.353 
2J MIRSuzuki1:57.364+0.011
3P ESPARGARÓKTM1:57.392+0.039
4J ZARCOAvintia Ducati1:57.460+0.107
5M VIÑALESYamaha1:57.565+0.212
6A DOVIZIOSODucati1:57.632+0.279
7D PETRUCCIDucati1:57.638+0.285
8V ROSSIYamaha1:57.646+0.293
9F MORBIDELLISRT Yamaha1:57.718+0.365
10C CRUTCHLOWLCR Honda1:57.753+0.400
11A ESPARGARÓAprilia Gresini1:57.789+0.436
12A RINSSuzuki1:57.823+0.470
13F QUARTARAROSRT Yamaha1:57.831+0.478
14J MILLERPramac Ducati1:57.836+0.483
15F BAGNAIAPramac Ducati1:57.839+0.486
16B BINDERKTM1:57.867+0.514
17M OLIVEIRATech3 KTM1:58.161+0.808
18A MÁRQUEZHonda1:58.579+1.364
19T RABATAvintia Ducati1:58.728+1.375
20B SMITHAprilia Gresini1:58.817+1.464
21I LECUONATech3 KTM1:59.136+1.783
22S BRADLHonda1:59.193+1.840
Paddockast #73 | A maratona da Fórmula E em Berlim
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar