Pol Espargaró rebate críticas por testes da KTM em Brno e na Áustria: “Regras são essas”

O irmão de Aleix Espargaró lembrou que a Aprilia também tem direito às concessões previstas em regulamento

Pol Espargaró saiu em defesa da KTM após alguns rivais questionarem testes recentes feitos pela equipe austríaca em Brno e no Red Bull Ring. O catalão lembrou que a casa da Mattighofen apenas faz uso das concessões a que tem direito pelo regulamento da MotoGP.

Antes do GP da Tchéquia, a KTM testou em Brno com Dani Pedrosa. Além disso, os austríacos também rodaram no traçado de Spielberg após o fim do lockdown, em maio. E, antes do início da temporada, em Jerez, também estiveram em Misano, palco da próxima parada do Mundial.

Após a corrida em Brno, Fabio Quartararo foi um dos que questionou os testes feitos pela KTM. O francês considerou que os rivais começaram o fim de semana em vantagem em relação aos demais.

Pol Espargaró vai defender a Honda em 2021 (Foto: Red Bull Content Pool)

“Acho que a KTM testou muito em Brno e na Áustria e acho que a Michelin também trabalhou com eles para ver o pneu correto para esta corrida”, comentou Fabio. “Então acho que antes de começar o fim de semana, eles já sabiam qual pneu era o perfeito para a corrida e a Michelin trouxe o pneu certo de quando eles fizeram o teste. Então eles tinham muita experiência antes do GP”, ponderou.

Pol, contudo, negou que os austríacos estejam sendo beneficiados pela Michelin, já que todos têm acesso aos mesmos pneus.

“Em relação aos pneus, são os mesmos para todo mundo. Recebemos os mesmos compostos que as outras fábricas”, disse Pol. “Exatamente a mesma coisa que no passado, quando eles eram mais rápidos do que nós”, comparou.

Além disso, o caçula dos Espargaró também defendeu o uso que a KTM faz das concessões previstas pelo camponato. Os regulamentos esportivo e técnico da MotoGP preveem alguns benefícios para fábricas que estão entrando no campeonato pela primeira vez desde 2013 ou que não conseguiram uma vitória no seco no mesmo período.

Assim, as equipes que contam com esse benefício podem utilizar até nove motores descongelados por ano ― número que foi reduzido para sete neste ano por conta da temporada mais curta ―, testar com pilotos de testes e oficiais a qualquer momento e em qualquer circuito e também inscrever um piloto convidado em até seis corridas no ano.

Além disso, essas concessões estão atreladas aos resultados, com a vitória valendo três pontos, o segundo lugar, dois e o terceiro, um. A KTM, por exemplo, já somou três pontos e, se chegar a seis, perde o direito previsto em regulamento.

“Temos concessões, podemos testar e estamos tirando proveito disso”, declarou. “A Aprilia também tem concessões e não está usando. Nós usamos o que temos. As regras são essas”, concluiu.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Áustria, quinta etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube