Pramac diz que Zarco chega no momento ideal: “Pode tirar vantagem desta oportunidade”

Francesco Guidotti considerou que o francês agora tem uma autoestima que não tinha antes. Dirigente também falou em dar tempo para Jorge Martín se desenvolver

Tech3, agora toda laranja, divulga vídeo com detalhes da preparação para pré-temporada no Catar (Vídeo: Tech3)

Francesco Guidotti acredita que Johann Zarco chega à Pramac no momento ideal. O dirigente considera que o francês pode aproveitar o segundo ano com equipamento da Ducati para conseguir resultados mais expressivos na MotoGP.

Zarco chegou à MotoGP em 2017 para guiar uma Yamaha satélite pela Tech3. Depois, foi contratado pela KTM, mas jogou o contrato para o alto antes mesmo da metade do vínculo. Johann, então, passou brevemente pela LCR, substituindo um lesionado Takaaki Nakagami, antes de acertar com a Avintia para correr com equipamento Ducati.

Johann Zarco vai defender a Pramac neste 2021 (Foto: Pramac)

LEIA TAMBÉM
Bastianini, Martín e Marini: os novatos da MotoGP em 2021

Agora, o francês vai para a Pramac, uma equipe mais bem estruturada que o time de Raúl Romero.

“Conversando com Johann, senti que ele estava muito motivado e nada tenso. Acho que ele é um piloto que se tornou ciente das próprias habilidades e construiu uma autoestima que provavelmente não tinha antes, vivendo um pouco nas sombras de algumas pessoas”, disse Guidotti. “Agora ele faz tudo por ele mesmo, ele tomou controle da própria vida, tanto em termos pessoais quanto profissionais. Acima disso. Em nível técnico, ele está no lugar certo e na hora certa, porque a temporada passada foi para se aproximar da Ducati e nesta, ele terá uma moto mais avançada em um time que é muito próximo da Ducati, então poderá tirar vantagem desta oportunidade”, ponderou.

Questionado se vê essa como a última chance de Zarco, Guidotti respondeu: “Acho que não. Temporadas podem ser marcadas por episódios, como Pecco, que se machucou no ano passado, quando estava no auge. Espero que ele não encare esta como a última chance e acredito que ele não está fazendo isso, pois seria criar uma tensão que pode se tornar perigosa e impedir que ele expresse seu melhor”.

Ao lado de Zarco, Jorge Martín fará a estreia na MotoGP. E Guidotti, que já tem experiência em lidar com novatos, falou em dar tempo ao espanhol.

“Quando você tem um novato na equipe, você tenta dar a ele o máximo de informações possível, mas sem pressioná-lo”, comentou Francesco. “Sabemos que ele precisa cometer erros para aprender. Vamos deixá-lo aprender. Não podemos esquecer que um piloto já está formado quando chega à MotoGP, mas temos de dar a eles espaço e apoio para que possam progredir”, encerrou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube