MotoGP

Promotores renovam contrato e garantem realização do GP da Argentina até temporada 2021

A MotoGp tem mais uma praça confirmada por mais algumas temporadas. A organização do GP da Argentina confirmou a renovação da corrida em Termas de Río Hondo até 2021

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Palco de boas corridas nos últimos campeonatos, o GP da Argentina segue no calendário do Mundial por mais alguns anos. A organização da prova sul-americana confirmou a continuidade da praça até 2021.
 
Para a temporada de 2019, a corrida em Termas de Río Hondo já tem sua data de realização definida: o final de semana dos dias 29 a 31 de março, assumindo o posto de segunda etapa do ano.
 
O anúncio foi feito por Gerardo Zamora, governador de Santiago del Estero. No evento, contava também com a presença de Carles Jorba, diretor de operações da Dorna, promotora do Mundial de Motovelocidade.
Valentino Rossi reclama de Marc Márquez durante GP da Argentina da MotoGP (Foto: AFP)
A MotoGP voltou a correr na terra dos Hermanos em 2014, sempre em Termas de Río Hondo. Desde então, Marc Marquez aparece como o maior vencedor, com dois triunfos, seguido por Valentino Rossi, Maverick Viñales e Cal Crutchlow.
 
De acordo com informações relatadas, a edição de 2018 da prova gerou um impacto de aproximadamente € 18 mi (cerca de R$ 80 mi) na região, e contou com mais de 170 mil espectadores durante todo o final de semana.
 
A corrida deste ano foi destaque na temporada, pois foi marcada por diversas ‘bananadas’ de Márquez. Primeiro, o espanhol deixou a moto morrer antes da largada e acabou tentando religa-la sozinha, sofrendo uma punição. Ao longo da disputa foi penalizado mais uma vez por conta de sua agressividade na pista. Por fim, foi responsável pela queda de Rossi.