Quartararo afasta Márquez e comanda primeiro treino da MotoGP em Misano

Com 1min33s153, Fabio Quartararo assegurou a liderança do primeiro treino livre para o GP de San Marino e da Riviera de Rimini. 0s376 mais lento, Marc Márquez ficou com o segundo posto, com Maverick Viñales fechando o top-3

Tal qual aconteceu nos testes coletivos semanas atrás, Fabio Quartararo abriu o fim de semana em Misano com o pé direito. Nesta sexta-feira (13), o piloto da SIC mostrou um ritmo forte e assegurou a liderança do primeiro treino da MotoGP em Misano com sobras.
 
Com 1min33s153 na melhor de suas 21 voltas nesta ensolarada manhã na região de Emilia-Romagna, Quartararo assegurou o topo da tabela com 0s376 de margem para Marc Márquez, o segundo colocação.
 
Mais 0s070 atrás, Maverick Viñales ficou com o terceiro tempo, com Michele Pirro aparecendo como a melhor Ducati. 0s609 atrás do ponteiro, Aleix Espargaró colocou a Aprilia na quinta colocação, 0s240 melhor que o irmão Pol, o sexto.
Fabio Quartararo liderou o TL1 em San Marino (Foto; Divulgação/MotoGP)
Com 1min34s039, Franco Morbidelli fez a sétima marca, com Danilo Petrucci, Valentino Rossi e Tito Rabat fechando o rol dos dez mais rápidos.
 
Vice-líder do Mundial, Andrea Dovizioso ficou com o 11º tempo, 0s010 à frente de Álex Rins, o 12º. Jorge Lorenzo cravou 1min35s292 e ficou só em 21º, 2s139 mais lento que o ponteiro.
 

O GP de San Marino e da Riviera de Rimini de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

    Paddockast #33
    10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

    Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

    Saiba como foi o treino livre 1 da MotoGP em Misano:

    Com o sol brilhando em Misano, os pilotos entraram na pista sob um calor de 24°C. A temperatura da pista estava em 22°C, com o vento soprando a uma velocidade de 8 km/h.

     
    Com 1min35s705, Aleix Espargaró foi o primeiro a ocupar o topo da tabela de tempos, 0s010 melhor que Maverick Viñales. Marc Márquez tinha o terceiro tempo, seguido por Pol Espargaró e Valentino Rossi.
     
    Rodando com um par de pneus médios, Márquez foi a 1min34s323 para assumir a ponta, com 0s098 de frente de Pol Espargaró. Rossi era o terceiro, seguido por Fabio Quartararo e Michele Pirro.
    Márquez conseguiu baixar sua marca mais uma vez, mas perdeu a liderança para Quartararo, que cravou 1min33s910. O #93 não deixou barato e voltou à ponta no giro seguinte, abrindo 0s163 de margem para o francês. Pol seguia em terceiro, agora escoltado por Pirro, Viñales, Danilo Petrucci, Álex Rins e Rossi.
     
    Nesta primeira manhã de treinos, Rossi foi para a pista com as novidades testadas pela Yamaha recentemente em Misano: um braço oscilante de carbono e um sistema de escapamento.
     
    Quartararo logo deu o troco em Márquez e voltou à ponta, baixando para 1min33s516 na volta seguinte para abrir 0s231 de margem. Viñales chegou a assumir brevemente o segundo posto, mas Marc deu o troco por 0s024. 
    Na primeira rodada de pit-stops, Quartararo tinha a liderança com 1min33s516, 0s059 melhor que Márquez. Viñales era o terceiro, com Pol Espargaró, Petrucci, Rins, Pirro, Rossi, Andrea Dovizioso e Jack Miller compondo um to-10 coberto por 0s971.
     
    Com pouco mais de 25 minutos para o fim da sessão, Andrea Iannone sofreu uma queda na Quercia, a curva 8 de Misano. O #29, que será um dos responsáveis pela gestão da carreira de Romano Fenati no Mundial de Motovelocidade, escapou ileso do acidente.
     
    De volta à pista, Márquez apertou o passo e reduziu para 0s013 o atraso em relação a Quartararo no topo da tabela. Mais atrás, Pirro melhorou para ficar com o quinto posto, com Rossi subindo para sétimo.
     
    Em sua 11ª volta nesta manhã, Rossi subiu para a quinta colocação, 0s549 mais lento que Fabio. No giro seguinte, o #46 reduziu o atraso para 0s500. A única Yamaha fora do top-10 era a de Franco Morbidelli, que tinha o 17º tempo.
    Na segunda rodada de paradas, Quartararo seguia no topo da tabela, 0s013 melhor que Márquez. Viñales tinha o terceiro tempo, com Pol, Pirro, Petrucci, Rossi, Rabat, Dovizioso e Morbidelli aparecendo em sequência.
     
    Morbidelli, então, foi a 1min34s039 e assumiu o quinto posto, mas perdeu uma posição na sequência, já que Aleix Espargaró colocou a Aprilia na quarta colocação.
    Na reta final da sessão, Pirro, com um par de pneus macios, cravou 1min33s704 e saltou para o quarto posto, 0s551 mais lento que Quartararo, que tinha baixado por 1min33s153. 
     
    Na volta seguinte, Fabio escapou da pista na curva 11, mas foi hábil para evitar a queda e seguir na sessão.
    Pouco antes da bandeirada, Tito Rabat perdeu a traseira da Ducati e caiu depois de encontrar Jorge Lorenzo passeando pelo caminho. Pouco depois, Jack Miller também se acidentou.
     
    Com o cronômetro zerado, ninguém conseguiu bater o tempo de Quartararo, que ficou com a liderança por 0s376 de vantagem para Márquez.
     

    Previsão do tempo para Rimini
    GP de San Marino Rimini

    MotoGP 2019, GP de San Marino e Riviera de Rimini, Misano, treino livre 1:

    1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:33.153  
    2 M MÁRQUEZ Honda 1:33.529 +0.376
    3 M VIÑALES Yamaha 1:33.599 +0.446
    4 M PIRRO Ducati 1:33.704 +0.551
    5 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:33.762 +0.609
    6 P ESPARGARÓ KTM 1:34.002 +0.849
    7 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:34.039 +0.886
    8 D PETRUCCI Ducati 1:34.149 +0.996
    9 V ROSSI Yamaha 1:34.182 +1.029
    10 T RABAT Avintia Ducati 1:34.261 +1.108
    11 A DOVIZIOSO Ducati 1:34.274 +1.121
    12 A RINS Suzuki 1:34.284 +1.131
    13 J MIR Suzuki 1:34.324 +1.171
    14 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:34.374 +1.221
    15 J MILLER Pramac Ducati 1:34.487 +1.334
    16 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:34.512 +1.359
    17 T NAKAGAMI LCR Honda 1:34.568 +1.415
    18 J ZARCO KTM 1:34.760 +1.607
    19 A IANNONE Aprilia Gresini 1:34.990 +1.837
    20 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:35.264 +2.111
    21 J LORENZO Honda 1:35.292 +2.139
    22 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:35.320 +2.167
    23 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:36.180 +3.027
             
    REC J LORENZO Ducati 1:31.629 166.6  km/h
    MV F QUARTARARO SIC Yamaha 1:33.153 163.3 km/h

    !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

    Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

    O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

    Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

    GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

    Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

    Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

    Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube