Quartararo lamenta “problemas graves” da Yamaha: “Impossível brigar pelo título”

O francês apontou que a fábrica japonesa precisa melhorar em pontos como a velocidade máxima para deixar de ser irregular

Fabio Quartararo tem se mostrado preocupado com a forma que a Yamaha tem apresentado nas últimas corridas. O francês lamentou os problemas consecutivos em 2020 e já disse que assim não tem condições de brigar pelo título.

O GP da Estíria, no fim de semana, foi difícil para o líder da classificação. Com uma M1 deficiente em velocidade máxima, não conseguiu acompanhar o ritmo dos ponteiros e cruzou a linha de chegada apenas na 13ª colocação.

Ainda, ‘El Diablo’ viu Maverick Viñales precisar se jogar no asfalto após ficar sem freio antes de sua moto atingir com violência o muro de proteção e pegar fogo. A corrida chegou a ser interrompida com bandeira vermelha.

Fabio Quartararo (Foto: SRT)

“Nesta corrida, ficaram claras todas as limitações da Yamaha. A moto evidenciou problemas em áreas que não imaginava. Além do freio, temos outros problemas graves para resolver, e o primeiro é a falta de velocidade máxima”, disse o piloto.

“No warm-up, fiquei sem freio um momento. Quando isso acontece e na corrida percebe que está muito frouxo, perde a confiança, pois acha que vai ficar sem frente a qualquer momento. É muito perigoso e o influencia muito. Estamos sendo muito irregulares, assim é impossível brigar pelo Mundial”, completou.

Quartararo venceu as duas primeiras etapas do calendário, em Jerez de la Frontera, disparando na ponta da classificação. Entretanto, uma série de reveses tem cortado seu respiro na liderança. Andrea Dovizioso, vice, já sustentou 25 tentos de atraso para o francês, mas após a quinta corrida do ano, tem apenas três – o italiano tem dois pódios, sendo uma vitória no GP da Áustria.

A próxima etapa do Mundial de Motovelocidade acontece em Misano, no dia 13 de setembro, sendo a primeira da rodada dupla no circuito.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube