MotoGP

Quartararo puxa trinca da Yamaha em teste coletivo em Brno. Márquez é 8º

Fabio Quartararo tratou de terminar o dia de treinos coletivos da MotoGP com a melhor marca. Com 1min55s616, o francês tratou de ser o mais rápido em Brno, seguido por Maverick Viñales e Franco Morbidelli

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Os pilotos da MotoGP mal disputaram o GP da Tchéquia e já estão de volta para a pista. Nesta segunda-feira (5), realizaram treinos coletivos em Brno, e quem fechou como o mais rápido foi Fabio Quartararo, que puxou uma trinca da Yamaha, que colocou suas quatro motos dentro do top-6.
 
As atividades tiveram a duração de oito horas, iniciando na parte da manhã e terminando no final da tarde. Ao longo do ensaio, uma leve chuva caiu na parte da tarde, e uma bandeira vermelha acabou sendo necessária por um forte acidente com Joan Mir.
 
O titular da Suzuki acabou sofrendo uma forte queda na curva 1. Apesar de estar consciente, foi colocado em uma maca para ser atendido no ambulatório do circuito. Sua moto ficou bastante danificada após acertar o muro de proteção.
 
Entre as novidades técnicas vistas na pista, uma das que mais chamou a atenção foi o protótipo de 2020 da Yamaha. Enquanto isso, Marc Márquez também teve três Honda disponíveis para testar.
Rossi com o protótipo de 2020 (Foto: Reprodução)
Na parte dos pneus, a Michelin levou para a atividade duas novas borrachas traseiras médias, sendo que uma delas tem a construção para o campeonato do próximo ano.
 
Quartararo, que fechou o dia com o melhor tempo, ficou na primeira posição da tabela durante boa parte da sessão. Após uma hora de treino, era o titular da SIC quem tinha anotado a melhor marca com 1min56s779.
 
Depois, na parte da tarde, quando metade do treino coletivo já havia sido completado, mais uma vez o #20 estava como o mais rápido, baixando o tempo em 0s554. Então, com 1min55s616, fechou o dia na ponta.
 
Quem ficou com a segunda colocação da tabela de tempos foi Maverick Viñales, que anotou um giro apenas 0s012 mais lento que do francês. Franco Morbidelli veio em seguida, com Alex Rins e Cal Crutchlow completando o top-5. Márquez ficou em oitavo, com Andrea Dovizioso fechando em 12º.
 
O Mundial de Motovelocidade já disputa a próxima etapa do calendário neste final de semana. Agora, a categoria desembarca no Red Bull Ring para correr o GP da Áustria.

MotoGP 2019, Brno, Testes coletivos:

1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:55.616   78
2 M VIÑALES Yamaha 1:55.628 +0.012 74
3 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:55.755 +0.139 78
4 A RINS Suzuki 1:55.837 +0.221 69
5 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:55.940 +0.324 74
6 V ROSSI Yamaha 1:56.015 +0.399 63
7 J MIR Suzuki 1:56.164 +0.548 69
8 M MÁRQUEZ Honda 1:56.237 +0.621 70
9 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:56.248 +0.632 47
10 D PETRUCCI Ducati 1:56.345 +0.729 60
11 T NAKAGAMI LCR Honda 1:56.370 +0.754 68
12 A DOVIZIOSO Ducati 1:56.391 +0.775 48
13 J MILLER Pramac Ducati 1:56.514 +0.898 56
14 P ESPARGARÓ KTM 1:56.681 +1.065 49
15 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:56.811 +1.195 54
16 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:57.058 +1.442 57
17 T RABAT Avintia Ducati 1:57.417 +1.801 76
18 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:57.452 +1.836 45
19 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:57.610 +1.994 43
20 J ZARCO KTM 1:57.769 +2.153 31
21 A IANNONE Aprilia Gresini 1:58.032 +2.416 52
 
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.