Rossi afirma que motivação vem de resultados: “Se seguir assim, melhor deixar de correr”

Valentino Rossi precisa definir qual o seu futuro na MotoGP. Mesmo sem grande pressa para anunciar o que vai fazer a partir de 2021, o italiano destacou que sua grande motivação para seguir na classe rainha são os bons resultados

Valentino Rossi ainda está definindo qual vai ser seu futuro na MotoGP dentre algumas opções que pensou. O italiano afirmou que ir para a SIC em 2021 não parece ruim, mas também cogitou deixar a categoria.
 
Nesta temporada, o italiano segue como companheiro de Maverick Viñales na Yamaha. Entretanto, no próximo campeonato, vai dar sua M1 para a chegada de Fabio Quartararo, ficando em situação indefinida até o momento.
 
Mas mesmo próximo de completar 41 anos, o nove vezes campeão afirmou que não é a idade o principal fato que influencia sua continuidade na categoria. “A motivação, no meu caso, vem dos resultados”, disse.
Valentino Rossi (Foto: Yamaha)

“Minha ideia é continuar a correr, mas se os resultados não vierem, vai ser complicado. Por isso decidimos o que decidimos com a Yamaha. Se eu continuar assim, é melhor deixar de correr”, continuou.
 

Entretanto, o competidor também não descartou uma aposentadoria mesmo com bons resultados no Mundial. “Ir rápido, ser competitivo e me aposentar também não estaria ruim”, sublinhou.
 
Mas Rossi tem uma boa opção caso queira seguir na classe rainha, com a porta da SIC aberta para o #46. “Para mim, a SIC seria a melhor opção. Tem uma equipe jovem e tem dinheiro. Se me sentir forte, só mudaria as cores da moto. Mas é importante seguir com a M1”, apontou.
 
Por fim, Rossi disse que “acredito que vou decidir perto do verão, mas o bom é que agora tenho tempo para pensar. O mercado [de pilotos] é muito rápido, é uma estupidez”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar