Rossi sofre acidente em treino de motocross na Itália e é internado com trauma de tórax e abdômen

Valentino Rossi sofreu um acidente na tarde desta quinta-feira (25) quando treinava de motocross na pista de Cavallara. Italiano foi levado ao hospital em Rimini, onde foi constatado trauma torácico e abdominal moderado. Italiano segue em observação, mas a Yamaha já confirmou a ausência de fraturas e de patologias mais graves

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O motociclismo não vive uma de suas melhores fases. Valentino Rossi sofreu um acidente na tarde desta quinta-feira (25) quando fazia um treino de motocross na pista do Cross Club Cavallara, em Mondavio. A informação foi divulgada primeiro pelo site 'RiminiToday', mas confirmada há pouco pela Yamaha.

O piloto de Tavullia foi levado a um pronto socorro do hospital Infermi di Rimini, onde segue em observação. 

Valentino Rossi foi internado após acidente de motocross (Foto: Michelin)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Às 18h36 (de Brasília), a Yamaha enviou uma nota à imprensa confirmando o acidente de Rossi. De acordo com a escuderia nipônica, o piloto foi levado ao hospital para um check-up, onde acabou diagnosticado com traumas torácico e abdominal moderados.
 
“O piloto italiano de 38 anos foi levado a um hospital local para um check-up médico, onde foi diagnosticado com traumas torácico e abdominal moderados”, diz a nota da Yamaha. “Nenhuma fratura foi detectada em parte alguma do corpo e nenhuma patologia traumática foi encontrada”, segue. 
 
“Um novo boletim médico será emitido na sexta-feira, 26 de maio, às 12h (7h de Brasília)”, completa o texto.
 

A pista de Cavallara se localiza na cidade de Mondavio, a cerca de 35 km de Pesaro e a 45 km da cidade natal de Rossi, Tavullia. A região também é próxima a Riccione, local onde Nicky Hayden sofreu um acidente na semana passada que provocou sua morte na última segunda. O hospital onde Valentino segue em observação é o mesmo onde o #69 recebeu os primeiros cuidados após o atropelamento.

Esta, aliás, não é a primeira vez que Rossi se acidenta treinando motocross.  O multicampeão sofreu uma lesão nos ligamentos do ombro em um acidente de motocross em 2010 que acabou por afetar toda sua temporada. O italiano foi operado em novembro do mesmo ano, depois de estrear pela Ducati no tradicional teste de Valência.
 
Por reconhecer, inclusive, o perigo da modalidade, Valentino chegou a diminuir os treinos que realiza de motocross, especialmente durante a temporada. O #46 concentra suas práticas na pista de flat-track em seu rancho e também na pista de Misano, onde treina constantemente acompanhado dos pilotos que fazem parte da Academia de Pilotos VR46.
 
 

#valentinorossi a cavallara✊✊✊

Uma publicação compartilhada por luca santinelli (@liuksantinelli) em

Mai 25, 2017 às 7:19 PDT

Qualquer lesão neste ponto da temporada pode ter um significativo impacto na luta pelo título, já que o Mundial entra agora em uma fase bastante agitada, com quatro provas em um intervalo de cinco semanas. O #46 tem o fim de semana de descanso, mas volta às pistas no próximo dia 4 de junho, quando disputa o GP da Itália de MotoGP.
 

No último fim de semana, Rossi caiu na última volta ao tentar recuperar a primeira posição perdida para o companheiro Maverick Viñales por um erro. Com a situação, o italiano perdeu a liderança do campeonato para o próprio Viñales.
 

GENIAL, ALONSO FOI ESPETACULAR NA CLASSIFICAÇÃO EM INDIANÁPOLIS E ENTRA NO PÁREO PELA VITÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = ‘ca-pub-6830925722933424’;
google_ad_slot = ‘8352893793’;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(‘crt_ftr’).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(‘cto_ifr’);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(‘px’)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write('’);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube