Site de apostas critica final da MotoGP e decide devolver dinheiro de quem apostou em título de Rossi

O braço italiano da Bwin decidiu devolver o dinheiro de todos os que apostaram em Valentino Rossi como campeão da MotoGP em 2015. Responsável pela empresa, Moreno Marasco afirmou que é justo ressarcir aqueles que acreditaram em uma competição justa

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A final da MotoGP pode até não ter desagradado gregos e troianos, mas deixou muita gente insatisfeita, inclusive o braço italiano do site de apostas Bwin. Decepcionada com o desfecho do Mundial, a empresa decidiu ressarcir todos os que apostaram em Valentino Rossi como campeão de 2015.

 
A Bwin vai lançar mão da ‘devolução justa’, um recurso das agências de apostas para ressarcir aqueles que foram prejudicados por resultados condicionados por fatores externos. A devolução do dinheiro investido será feita por meio de um bônus aos apostadores.
Bwin vai devolver dinheiro de quem apostou em Rossi (Imagem: Reprodução)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“A Bwin, que sempre promoveu a integridade no esporte, decidiu aplicar a devolução justa após os polêmicos fatos ocorridos em Sepang e em Valência”, disse Moreno Marasco, representante da Bwin Italia. “Por isso, achamos justo devolver o investimento àqueles que acreditaram em uma competição verdadeira e nas corridas."

 
E a Bwin não é a única. A casa de apostas irlandesa Paddy Power já tinha avisado que “se Valentino falhasse em seu objetivo de escalar o pelotão desde a última colocação, daria, pelo menos, uma pequena satisfação” a seus clientes.
 
Rossi acusa Marc Márquez de ter atuado em favor de Jorge Lorenzo. De acordo com o italiano, o espanhol retardou o ritmo em Phillip Island para permitir que mais pilotos se colocassem entre ele e seu companheiro de Yamaha. 
Valentino Rossi largou em último e recebeu a bandeirada em quarto em Valência (Foto: Yamaha)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Na Malásia, Rossi e Márquez travaram um duro duelo, que terminou com o piloto da Honda no chão e o #46 punido, tendo de largar em último na final em Valência. Na última corrida de 2015, Marc passou 30 voltas atrás de Jorge sem lançar um único ataque. Com a vitória, o #99 ficou com o título.

 
A ‘devolução justa’ foi aplicada pela primeira vez na partida entre Catania e Juventus na temporada 2012-13 da série A do Campeonato Italiano de Futebol pela Paddy Power. 
 
A casa de apostas reembolsou aqueles que investiram na vitória do time da casa ou em empate ao invés do triunfo dos visitantes, que foi o que aconteceu, com um 0-1. O Catania teve um gol legal anulado e o tento da 'Vecchia Signora' foi marcado em posição de impedimento. 
PADDOCK GP COM FELIPE MASSA: ASSISTA JÁ

Massa é direto: o GP de Cingapura de 2008, aquele da armação protagonizada por Nelsinho Piquet, deveria ter sido…

Posted by Grande Prêmio on Quarta, 11 de novembro de 2015

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube