Stoner alfineta e diz que Ducati “não pode se dar ao luxo de perder Dovizioso”

Único campeão da história da Ducati, Casey Stoner criticou a montadora de Bolonha por não ouvir seus pilotos. Australiano se aposentou da MotoGP no fim de 2012

Casey Stoner não esperou nem a poeira baixar antes de cutucar a Ducati pelo divórcio com Andrea Dovizioso. Integrante do rol das Lendas da MotoGP, o australiano considerou um erro perder o três vezes vice-campeão e avaliou que a fábrica vermelha precisa ouvir seus pilotos.

Na manhã deste sábado (15), o agente de Dovizioso informou à Ducati que o italiano não quer seguir no time em 2021. A casa de Borgo Panigale tinha marcado para depois do GP da Estíria uma definição sobre o parceiro de Jack Miller, mas foi surpreendida pela opção do italiano de Forli.

Campeão de 2007 com a Ducati ― o único título da fabricante vermelha ―, Stoner criticou a separação e aproveitou a chance para alfinetar a fábrica de Bolonha.

Casey Stoner trabalhou com Andrea Dovizioso quando era piloto de testes (Foto: Ducati)

“É só a minha opinião, mas não acredito que a Ducati possa se dar ao luxo de perder alguém como Andrea Dovizioso”, escreveu Stoner. “Acho que eles precisam perceber em algum momento que é o piloto e não o túnel de vento que conquista resultados. Então os ouça”, disparou.

Casey disputou 68 GPs com a Ducati entre 2007 e 2010, conquistou 23 vitórias, 42 pódios e 21 poles. Depois de dois anos e um título com a Honda ― em 2011 ―, o australiano optou pela aposentadoria, mas acabou voltando à Bolonha para atuar como piloto de testes e embaixador em 2016, depois de passar três anos testando com a HRC. A relação chegou ao fim em 2018, quando o #27 optou por não renovar o contrato.

“Nada me daria mais satisfação do que celebrar outro título com a Ducati, mas sinto que não posso contribuir com mais nada, já que parece que eles não usam meus dados e nem seguem a direção que aponto”, disse Stoner na época à publicação italiana Corse di Moto. “Faz muito tempo que sugiro mudanças que eles parecem relutantes em fazer. Se não querem usar meus dados e meu feedback, não vejo motivo para arriscar e fazer os testes, já que para ter resultados, você precisa andar no limite”, justificou.

Quando deixou o posto de titular da Ducati, em 2010, Stoner foi substituído por Valentino Rossi. O #46, porém, ficou apenas dois anos antes de encontrar o caminho de volta para a Yamaha, com Dovizioso contratado para a vaga. Desde então, Andrea foi um líder para a equipe e acumula seis poles, 13 vitórias e 39 pódios.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube