Substituído por Redding na Pramac, Hernández assina com Aspar para temporada 2016 da MotoGP

A Aspar anunciou nesta quarta-feira (30) a contratação de Yonny Hernández para a temporada 2016 da MotoGP. Colombiano perdeu a vaga na Pramac para Scott Redding

Yonny Hernández já assegurou seu futuro na MotoGP. O piloto colombiano, que perdeu a vaga na Pramac para Scott Redding, foi contratado pela Aspar para a temporada 2016.
 
Aos 27 anos, Hernández faz sua quarta temporada na MotoGP e ocupa atualmente a 14ª colocação no Mundial de Pilotos, 216 pontos atrás de Valentino Rossi, o líder da classificação.
 
Dono da Aspar, Jorge Martínez celebrou a chegada de Hernández e garantiu que a equipe vai seguir trabalhando duro para voltar a brigar no topo.
Yonny Hernandéz vai correr pela Aspar em 2016 (Foto: Aspar)
“Acho que Yonny é um grande piloto e nós conversamos com ele em algumas ocasiões no passado. Ele tem muito potencial e mostrou em várias ocasiões que é muito rápido”, comentou Martínez. “Tenho certeza que a Aspar, com a nossa experiência e profissionalismo, pode ajudá-lo a continuar se desenvolvimento e alcançar grandes resultados”, seguiu.
 
 “Do nosso lado, vamos continuar trabalhando duro e dando os passos necessários adiante para que a Aspar volte ao topo, onde pertence”, assegurou. “Tenho certeza que teremos muito para celebrar na próxima temporada. Yonny é um piloto experiente e, com o nosso método de trabalho, vai melhorar sua consistência nas corridas, que é onde ele tem margem de melhora”, completou.
 
O colombiano, por sua vez, celebrou a chegada à Aspar e se mostrou animado com as mudanças pela qual a MotoGP passará em 2016, com a introdução de um novo regulamento e a chegada de um novo fornecedor de pneus.
 
“Estou muito empolgado em me juntar a Aspar. Nós temos tentado trabalhar jutos nas últimas temporadas, mas nunca chegamos a um acordo. Entretanto, finalmente estamos juntos”, começou Yonny. “Estou realmente feliz em fazer parte da Aspar e o meu objetivo é trabalhar duro e dar tudo para atingir o melhor resultado possível na próxima temporada”, continuou.
 
“Sei que a Aspar é muito profissional e tenho certeza de que poderemos atingir um alto nível na próxima temporada”, avaliou. “Este é um time vencedor, como eles mostraram por muitos anos, e espero que possamos nos adaptar rapidamente às mudanças de 2016 e nos beneficiarmos delas. Vai ser uma nova mudança, com todos os pilotos começado do zero com nova eletrônica e novos pneus”, concluiu.
 
Ao confirmar a chegada de Hernández, a Aspar não citou o equipamento que vai utilizar no próximo ano. Rumores indicam que o time de Valência pode deixar a Honda para usar as motos fornecidas pela Ducati.
 
A equipe valenciana também não confirmou quem será o companheiro de equipe de Hernández. Eugene Laverty tem um contrato de dois anos, mas não sabe se permanecerá com o time. Nicky Hayden, por sua vez, também não sabe se fica, já que pode mudar para o Mundial de Superbike.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube