Suzuki domina classificação e faz primeira pole na Moto3 em Misano. Dalla Porta cai e é 7º

Tatsuki Suzuki foi dominante no Q2 deste sábado (14) e assegurou sua primeira pole-position no Mundial de Motovelocidade. 0s121 mais lento, Arón Canet ficou com o segundo posto, com Tony Arbolino completando a primeira fila. Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta sofreu uma queda em meados da sessão e vai sair apenas em sétimo

Tatsuki Suzuki deu um presentão a Paolo Simoncelli. No circuito de casa do chefe da SIC58 Squadra Corse, o #24 foi dominante no Q2 deste sábado (14) e conquistou em Misano sua primeira pole-position no Mundial de Motovelocidade.
 
Com 1min42s844 ainda na segunda das quatro voltas que fez no Q2, Suzuki não encontrou rivais para ameaçarem sua marca. No giro final Arón Canet conseguiu diminuir a vantagem do japonês para 0s121 e vai sair em segundo, com Tony Arbolino fechando a primeira fila.
 
0s207 mais lento que o dono da pole, Jaume Masià abre a segunda fila, à frente de Celestino Vietti e Niccolò Antonelli. Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta caiu na curva 9 em meados da sessão e acabou apenas em sétimo.
Tatsuki Suzuki (Foto: SIC 58)

Dominante na sexta-feira, Albert Arenas cravou 1min43s297 e vai largar em oitavo, seguido por Marcos Ramírez e Andrea Migno.

 
Romano Fenati teve uma tarde de sábado para esquecer. Agora com a carreira gerida pelos irmãos Iannone, o #55 sofreu duas quedas ― a primeira no Q1, na curva 1, e a segunda no Q2, na Tramonto, a 10. Assim, o piloto da Snipers ficou sem tempo e vai sair em 18º
 
Eliminado no Q1 por apenas 0s090, Ayumu Sasaki vai largar em 19º, à frente de Stefano Nepa, Riccardo Rossi e Alonso López. Substituindo o irmão Can, Deniz Öncü vai largar em 24º, com o brasileiro Meikon Kawakami ficando com o 30º.

O GP de San Marino e da Riviera de Rimini de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.
 

Saiba como foi a definição do grid da Moto3

 
No esquema parecido com o da MotoGP, a Moto3 começou sua classificação pontualmente às 7h35 (em Brasília) com o Q1, definindo as últimas quatro vagas na disputa pela pole. Raúl Fernández e Alonso López abriram os trabalhos na frente, mas as marcas ainda eram bem altas.
 
Enquanto Romano Fenati seguia num final de semana de pesadelos e caía no comecinho da sessão, perdendo suas chances, Stefano Nepa e Tom Booth-Amos entravam no grupo de classificação, com Darryn Binder atrás e López aparecendo com Fernández na sequência. O brasileiro convidado Meikon Kawakami estava na frente apenas de Fenati, sofrendo para encaixar voltas rápidas em sua segunda corrida na Moto3.
 
Veio mais uma sequência de voltas e os favoritos resolveram tomar controle da situação Niccolò Antonelli virou 1min43s161, com Arón Canet parecendo pronto para se garantir logo atrás. Restava mais um giro para cada um e as parciais vermelhas apareciam.
 

 

Fenati, com a moto acertada depois da queda, parecia pronto para triturar a marca de Antonelli, mas errou no terceiro setor e só se colocou em quarto, atrás de Tatsuki Suzuki. Aí foi secar os rivais que ainda terminariam suas voltas e com sucesso. Todo mundo se colocou de quinto em diante.
 
Ayumu Sasaki, Nepa, Riccardo Rossi, López, Kaito Toba, Deniz Öncü, Fernández, Sergio García, Makar Yurchenko, Binder, Booth-Amos, Kawakami e Elia Bartolini ficaram no fundo do grid.

Suzuki derrota Canet em Q2 cheio de quedas

Os quatro classificados do Q1 se juntaram a Gabriel Rodrigo, Lorenzo Dalla Porta, Marcos Ramírez, Jaume Masiá, John McPhee, Filip Salač, Andrea Migno, Celestino Vietti, Tony Arbolino, Dennis Foggia, Ai Ogura, Jakub Kornfeil, Albert Arenas e Kazuki Masaki na briga pela pole.
 
A definição da frente do grid começou pontualmente às 8h (em Brasília) e as quedas davam o tom dos primeiros minutos, mais até do que alguma marca realmente significativa. Fenati, que não conseguia parar na moto o dia todo, caiu de novo, desta vez sem chance para voltar.
 
Mas a pior das quedas ficou por conta de Masaki, que caiu, saiu rolando e batendo com força o corpo na brita, precisando receber atendimento médico, mas ficando consciente o tempo todo. Quem caiu também foi Dalla Porta, um dos favoritos à pole que perdeu o controle quando puxava um pelotão.
 
Em tempos, o melhor era de Suzuki com 1min42s844, com Arbolino, Masiá e Antonelli atrás. Rodrigo, por andar além dos limites da pista na curva 16, tinha sua volta cancelada. Restavam menos de 2 minutos e quatro pilotos nem voltas tinham. Era tão estranha a sessão que talvez aquilo fosse suficiente para o japonês ser pole.
 
McPhee, outro dos candidatos fortes ao título, foi mais um a ir ao solo, deixando também a disputa. Os nomes da vez eram de Canet e Vietti, mas os dois não chegaram no tempo do japonês. O espanhol foi segundo, enquanto o italiano se meteu em quinto. Rodrigo, outro veloz, voltou a exceder o limite de pista e ficou sem marca no Q2, em 16º. Pole para Suzuki.
    Paddockast #33
    10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

    Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

    Moto3 2019, GP de San Marino e da Riviera de Rimini, Misano, Grid de largada:

    1 T SUZUKI SIC58 Honda 1:42.844  
    2 A CANET MAX KTM 1:42.965 +0.121
    3 T ARBOLINO Snipers Honda 1:42.971 +0.127
    4 J MASIÀ Worldwide KTM 1:43.051 +0.207
    5 C VIETTI VR46 KTM 1:43.094 +0.250
    6 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:43.171 +0.327
    7 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:43.185 +0.341
    8 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:43.297 +0.453
    9 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:43.336 +0.492
    10 A MIGNO Worldwide KTM 1:43.369 +0.525
    11 A OGURA Asia Honda 1:43.477 +0.633
    12 F SALAC Prüstel KTM 1:43.758 +0.914
    13 D FOGGIA VR46 KTM 1:43.955 +1.111
    14 J MCPHEE SIC HONDA 1:44.326 +1.482
    15 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:44.615 +1.771
    16 G RODRIGO Gresini Honda    
    17 K MASAKI RBA KTM    
    18 R FENATI Snipers Honda    
    19 A SASAKI SIC HONDA 1:43.568 +0.724
    20 S NEPA CIP KTM 1:43.724 +0.880
    21 R ROSSI Gresini Honda 1:43.848 +1.004
    22 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:43.849 +1.005
    23 K TOBA Asia Honda 1:43.930 +1.086
    24 D ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:43.963 +1.119
    25 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:44.042 +1.198
    26 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:44.121 +1.277
    27 M YURCHENKO RBA KTM 1:44.222 +1.378
    28 D BINDER Avintia KTM 1:44.395 +1.551
    29 T BOOTH-AMOS CIP KTM 1:44.517 +1.673
    30 M KAWAKAMI Avintia KTM 1:44.966 +2.122
    31 E BARTOLINI VR46 KTM 1:45.066 +2.222
             
    REC G RODRIGO Gresini Honda 1:42.381 148.5 km/h
    MV J MARTÍN Gresini Honda 1:41.823 149.4 km/h
             
      Condições do tempo PISTA SECA   ar: 26ºC | pista: 38ºC

    #GALERIA(9906)

    Previsão do tempo para Rimini
    GP de San Marino Rimini

    !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);


     
    Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

    O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

    Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

    GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

    Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

    Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

    Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube