MotoGP

VÍDEO: Fenati aciona freio de rival na reta oposta de Misano e é desclassificado na Moto2

Romano Fenati cometeu um ato condenável ao acionar o freio dianteiro de Stefano Manzi em plena reta oposta de Misano. O italiano acabou desclassificado do GP de San Marino e da Riviera de Rimini deste domingo (9)

Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo

Romano Fenati cometeu um ato para lá de condenável neste domingo (9). O #13 acabou desclassificado do GP de San Marino e da Riviera de Rimini por ter acionado, deliberadamente, o freio dianteiro da moto de Stefano Manzi.
 
O piloto da Snipers vinha disputando posição com o rival da Forward, mas, com três voltas para o fim da corrida em Misano, pressionou a alavanca do freio dianteiro da Suter do rival. Manzi até conseguiu se manter na pista, mas caiu pouco depois e não completou a prova.
 
Fenati, então, foi sancionado pelo Painel de Comissários da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), que aplicou uma bandeira preta e desclassificou o italiano.
Romano Fenati atacou Stefano Manzi em Misano (Foto: Reprodução)
Esta, aliás, não é a primeira confusão de Fenati no Mundial. Ainda em 2016, o italiano foi suspenso pela VR46 do GP da Áustria por mau comportamento e, depois, dispensado do time de Valentino Rossi e também da Academia de Pilotos VR46
 
Na época, a equipe não deu detalhes sobre o ocorrido, mas disse que era a terceira vez que Fenati descumpria as regras. De acordo com o diário espanhol ‘Marca’, porém, a confusão após o piloto “insultar e atacar” Pietro Caprara, seu técnico de suspensões. Pablo Nieto, chefe do time, interviu junto com Alessio Salucci, o Uccio, coordenador da equipe e melhor amigo de Valentino, mas as coisas foram de mal a pior.
 
Segundo a publicação espanhola, Uccio levou Fenati para o hospitality do time em uma tentativa de acalmá-lo, mas o piloto acabou por atacar Salucci. “Ele chegou a ameaçar seu chefe, colocando um controle remoto no pescoço como se fosse uma faca. Os dois se bateram e até derrubaram uma geladeira”, dizia o jornal.