VÍDEO: Márquez testa freio traseiro no estilo ‘scooter’ em Sepang

Marc Márquez testou uma novidade em sua moto na Malásia. Procurando ganhar mais velocidade em curvas para a direita, o espanhol colocou um freio traseiro do lado esquerdo do guidão, simulando o estilo de uma scooter. Entretanto, após o primeiro teste, descartou qualquer vantagem com a peça

Marc Márquez testou uma nova peça em sua Honda no final de semana. No primeiro treino livre na Malásia, o espanhol usou um freio traseiro localizado no guidão, bastante semelhante com o de uma scooter.
 
A pequena alavanca ficou posicionada um pouco acima do câmbio da RC213V, do lado esquerdo. O objetivo é para que ajude o hexacampeão a ter mais velocidade nas curvas para a direita.
 
Com a mudança do pedal, como normalmente é usado nas motos, para o freio na mão, o #93 teria mais liberdade com o pé e a perna direita fazendo a curva, além de melhor sensibilidade ao operar o breque. 
O freio testado por Márquez (Foto: Reprodução)

“Normalmente nas curvas para esquerda sou muito rápido e de direita ainda sou veloz, mas não muito, muito rápido. Tentamos encontrar algo melhor, mas [o freio manual] foi apenas um primeiro contato, uma primeira sensação”, explicou.
 

“Tentamos no passado com um freio no dedão, mas não gostei. Preciso sentir o guidão com minha mão. Piloto muito motocross e estou usando o câmbio e o freio dianteiro e, para mim, é mais fácil usar algo assim”, seguiu.
 
“No momento, não está pronto e amanhã vamos voltar [ao normal]. Foi um primeiro contato para ver se é uma real possibilidade de usar no futuro. Se realmente há potencial. No momento, não há real potencial. Não foi uma vantagem extra. É difícil e precisam continuar a investigar para que funcione melhor”, concluiu.

Paddockast #40
QUEM VOCÊ ENTREVISTARIA NO GP DO BRASIL?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube