Vietti destrona McPhee no instante final e lidera TL2 da Moto3 no Red Bull Ring

Celestino Vietti usou a última de suas 20 voltas para cravar 1min36s585 e garantir a liderança do TL2 da Moto3 na Áustria. 0s031 mais lento, John McPhee ficou com o segundo tempo, com Tatsuki Suzuki fechando o top-3

Celestino Vietti garantiu a liderança do segundo treino da Moto3 em Spielberg. O piloto da VR46 cresceu nos minutos finais da atividade vespertina desta sexta-feira (9) e garantiu a liderança na última de suas 20 voltas.
 
Tatsuki Suzuki entrou na reta final da sessão no topo da tabela de tempo, mas viu sua marca ser batida já com o cronômetro zerado. Inicialmente, John McPhee tomou a ponta com 1min36s616, mas, quase que imediatamente, foi superado por um Vietti 0s031 mais rápido.
Celestino Vietti (Foto: VR46)
Já 0s352 mais lento que o líder, Ayumu Sasaki ficou com o quarto posto, à frente de Tony Arbolino, Jaume Masià, Niccolò Antonelli, Ai Ogura, Dennis Foggia e Filip Salac.
 
Líder do Mundial, Arón Canet fez a melhor de suas 14 voltas em 1min38s228 e ficou em 17º, 1s643 mais lento que o ponteiro.

O GP da Áustria de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #28
INTERROGANDO Flavio Gomes: O Boto do Reno

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Saiba como foi o treino livre 2 do GP da Áustria de Moto3:
 
As nuvens saíram do caminho do sol no início da tarde desta sexta-feira e facilitaram o aumento da temperatura em Spielberg. Quando a Moto3 voltou para a pista, os termômetros marcavam 28°C, com o asfalto chegando a 46°C.
 
Com 1min37s358, Tatsuki Suzuki abriu os trabalhos desta tarde no topo da tabela, 0s240 melhor que Niccolò Antonelli. Tony Arbolino tinha o terceiro tempo.
 
Na sequência, Arbolino foi a 1min37s062 e pegou a ponta, só 0s026 à frente de Antonelli. Suuzki caiu para terceiro, diante de McPhee, Ramírez e Fenati.
 
Suzuki recuerou a liderança pouco depois, agora com 1min36s969, 0s093 melhor que Arbolino. Antonelli subiu para o terceiro posto, seguido por Kornfeil e McPhee.
 
Depois de uma passagem pelos boxes, Suzuki voltou para a pista e baixou sua marca para 1min36s638, ampliando para 0s424 a vantagem em relação a Arbolino, o segundo colocado. Antonelli tinha o terceiro tempo.
 
Depois de uma passagem pelos boxes, Vietti saltou para a segunda colocação, 0s411 mais lento que Suzuki. Mais atrás, Marcos Ramírez avançou para a quinta colocação.
 
Com apenas mais alguns segundos ainda no cronômetro, Vietti fez outra boa volta, mas perdeu tempo na parcial final e não conseguiu destronar Suzuki, embora tenha reduzido a margem do piloto da SIC58 para 0s201.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando, McPhee passou em 1min36s616 e pegou a ponta, mas imediatamente foi superado por um Vietti 0s031 mais rápido. Suzuki acabou em terceiro.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube