Viñales se diz “lisonjeado” com interesse da Ducati, mas deixa futuro para depois

Maverick Viñales se disse lisonjeado com o interesse da Ducati. O #12, no entanto, não quer pensar em seu futuro na MotoGP no momento

Maverick Viñales afirmou que fica “lisonjeado” com o interesse da Ducati para a temporada 2021 da MotoGP. Ainda assim, o #12, que tem contrato com a Yamaha até o próximo ano, ressaltou que ainda é cedo para pensar no futuro.
 
Em entrevista ao jornal italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, Gigi Dall’Igna, chefe da Ducati Corse, confirmou que o espanhol é alvo do interesse do time.
 
“Ele é um dos pilotos que já conseguiu superar o Márquez”, disse Dall’Igna. “Estamos avaliando qual seria a melhor solução, mas não é algo que só depende de nós”, reconheceu.
Maverick Viñales (Foto: Michelin)
Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA HISTÓRIA DA FÓRMULA 1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Falando à imprensa em Phillip Island, Maverick se mostrou satisfeito com o interesse da fábrica rival, mas considerou que é cedo para pensar no futuro.
 
“É sempre lisonjeiro que uma marca como a Ducati se interesse por mim, mas estou muito focado em mim”, disse Viñales. “Vamos pensar no futuro mais adiante”, seguiu.
 
Depois de estrear pela Suzuki, Maverick chegou na Yamaha como substituto de Jorge Lorenzo para brigar pelo título, mas, até aqui, mal chegou perto do objetivo, também por causa das limitações de performance da YZR-M1.
 
“Estar na Yamaha me tornou mais duro, me fez amadurecer”, apontou. “Aprendi muito”, comentou.
 

O GP da Austrália de MotoGP está marcado para o domingo, às 1h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube