VR46 celebra interesse de rivais, mas revela opção de seguir com Ducati por mais 2 anos

Chefe da VR46, Pablo Nieto destacou que o atual contrato com a Ducati chega ao fim em 2024, mas revelou que existe uma opção de seguir com a fábrica italiana por mais dois anos

Apesar dos muitos rumores de uma mudança para a Yamaha, a VR46 segue reiterando a satisfação com a Ducati na MotoGP. Chefe da equipe de Valentino Rossi, Pablo Nieto revelou que, ainda que o atual contrato chegue ao fim em 2024, existe a opção de renovar por mais dois anos.

Dono do time, Rossi tem um elo histórico com a Yamaha, marca pela qual conquistou quatro dos sete títulos da carreira na classe rainha do Mundial de Motovelocidade. Além disso, o #46 é também embaixador da fábrica japonesa, o que ajuda a intensificar os rumores de uma união na MotoGP.

Desde que a agora extinta RNF a trocou pela Aprilia, a Yamaha não tem equipe satélite na MotoGP. Pelo segundo ano seguido, apenas duas YZR-M1 estarão no grid, mas a casa de Iwata nunca escondeu o interesse de ter uma equipe cliente. Há um ano, Lin Jarvis, diretor da marca, assumiu que tinha vontade de se unir ao time de Tavullia.

A diferença de performance, porém, desequilibra a performance. Enquanto a Ducati foi campeã do Mundial de Construtores em 2023, a Yamaha fugiu da lanterna por 11 pontos de frente para a Honda.

Pablo Nieto afirmou que a VR46 pode seguir com a Ducati por mais dois anos (Foto: VR46)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“É verdade que nosso contrato termina no fim desta temporada”, começou Nieto. “Mas temos uma opção de continuar com eles por mais dois anos”, revelou.

“Estamos felizes, agora, com a Ducati. Isso está claro. Mas, também, é verdade que outros fabricantes estão de olho em nós”, assumiu. “Isso é bom, pois significa que estamos fazendo um trabalho muito bem. Quando alguma fábrica vem até nós e pergunta se podemos ou estamos interessados em mudar, significa que estamos fazendo um bom trabalho”, seguiu.

“Mas no momento? Nossa ideia é continuar com a Ducati”, completou.

MotoGP retoma as atividades entre os dias 19 e 20 de fevereiro em Lusail, no Catar, para concluir a pré-temporada. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.