Kurt Busch vence duelo contra irmão, triunfa em Atlanta e se garante no playoff da Nascar

Em corrida amplamente dominada pela família Busch, que liderou 235 das 260 voltas da corrida, levou a melhor o piloto da Ganassi, que levou o carro #1 ao Victory Lane pela primeira vez na temporada. De quebra, Kurt Busch ainda assegurou uma vaga na fase decisiva do campeonato

Austin Hill escapou da confusão e venceu em Knoxville na quarta prorrogação (Vídeo: Nascar)

A família Busch protagonizou a 21ª etapa da temporada regular da Nascar, na segunda corrida disputada no oval de 1,5 milha de Atlanta neste ano. Kurt e Kyle Busch dominaram as ações desde os primeiros instantes da prova, realizada no último domingo (11). Juntos, lideraram 235 das 260 voltas da prova, com Kyle a triunfar no primeiro segmento e Kurt, depois, vencendo os estágios 2 e 3, o decisivo da corrida. Nas voltas finais, o piloto da Ganassi abriu ligeira vantagem para o irmão e levou o carro #1 ao Victory Lane pela primeira vez em 2021.

Kurt Busch, de 42 anos, triunfou pela quarta vez no oval de Atlanta, sendo assim o maior vencedor no circuito dentre os pilotos em atividade. A conquista garantiu ao veterano uma vaga entre os 16 pilotos que vão disputar o playoff, a fase decisiva do campeonato.

Enquanto Kurt festejava a vitória em Atlanta, Kyle Busch não tinha lá cara de bons amigos. Isso porque o piloto da Joe Gibbs considerou ter sido atrapalhado por Ross Chastain, que é companheiro de equipe de Kurt Busch na Ganassi, durante perseguição ao irmão nas voltas finais. “Isso mostra o tipo de piloto que ele é”, disparou o dono do carro #18.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

ANÁLISE: Com Norris, McLaren já tem necessário para enfrentar Mercedes e Red Bull

KURT BUSCH; NASCAR; ATLANTA;
Foi a primeira vez do #1 no Victory Lane em 2021 (Foto: Nascar)

Martin Truex Jr., também da Joe Gibbs, foi o terceiro colocado depois de ter largado em 37º. Alex Bowman foi o melhor dentre os pilotos da Hendrick no último domingo e foi o quarto, à frente de Ryan Blaney, da Penske. O piloto do carro #12 venceu na primeira corrida da temporada em Atlanta, realizada em março.

Tyler Reddick completou a prova na sexta posição, à frente do vencedor da corrida anterior, em Elkhart Lake, Chase Elliott. Christopher Bell foi o oitavo, seguido por Matt DiBenedetto e Brad Keselowski. Bubba Wallace conquistou uma boa 14ª colocação, enquanto Daniel Suárez teve problemas ao longo da prova e foi o 36º dentre os 37 carros que disputaram a prova.

Kyle Larson, um dos protagonistas da temporada, vinha em condições de pelo menos garantir um lugar entre os cinco primeiros, mas excedeu o limite de velocidade no pit-lane depois da sua última parada para troca de pneus e reabastecimento e foi punido, terminando assim apenas em 18º lugar.

Denny Hamlin, que ainda não venceu na temporada e foi o 13º em Atlanta, segue como líder na tabela de pontos do campeonato e tem 836 tentos, apenas dez a mais em relação a Larson. Kyle Busch soma 739, contra 733 de William Byron. Chase Elliott aparece em quinto e soma 704, 4 a mais em relação a Joey Logano, o sexto. Martin Truex Jr. tem 671, contra 639 de Ryan Blaney e 326 de Kevin Harvick, o melhor posicionado na tabela dentre os que ainda não garantiram vaga direta ao playoff. Brad Keselowski completa o top-10 da tabela de pontos.

A próxima etapa do campeonato será disputada no próximo domingo e terá lugar no oval de 1,058 milha de Loudon, em New Hampshire.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar