Gibbs estreia na Xfinity com vitória no misto de Daytona. Paludo é 7º em retorno

A Nascar Xfinity Series presenciou um grande momento em Daytona, com estreia e vitória de Ty Gibbs, de apenas 18 anos. Voltando ao automobilismo dos Estados Unidos após oito ano, Miguel Paludo recuperou-se e terminou dentro do top-10

A etapa da Nascar Xfinity Series no traçado misto de Daytona foi histórica. Realizada neste sábado (21), foi palco da estreia e da primeira vitória de Ty Gibbs, neto do lendário dono de equipe Joe Gibbs, com apenas 18 anos. A prova também marcou o retorno de Miguel Paludo ao automobilismo americano e com bom resultado.

A corrida em Daytona foi tensa e, por conta das bandeiras amarelas, precisou de uma prorrogação. Na primeira largada, nova confusão. Na segunda tentativa de encerrar a prova, Ty Gibbs disparou na liderança e recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar, seguido por Austin Cindric, Daniel Hemric, Brandon Jones e Jeb Burton, fechando o top-5.

Miguel Paludo, que retornou aos Estados Unidos e à Nascar após oito anos de ausência, fechou a prova na 7ª posição depois de largar apenas em 35º. O brasileiro precisou se recuperar diversas vezes ao longo da corrida e ainda contou com as bandeiras amarelas no fim.

Miguel Paludo retornou à Nascar após oito anos (Foto: JR Motorsports/Ferrari Promo)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Partindo do fim do pelotão, Paludo fechou o primeiro segmento em Daytona em 19º e, se aproveitando das paradas nos boxes dos concorrentes, alinhou o carro #8 na oitava posição para a segunda parte da prova. O brasileiro chegou a andar em quinto, mas um furo no pneu dianteiro esquerdo o forçou a uma troca na volta 35 de 52.

Na prorrogação, Paludo saiu em 12º e abriu a volta final em nono. Com duas ultrapassagens no último giro, ainda terminou em sétimo lugar e comemorou muito o resultado.

“Dia espetacular em Daytona. Pela primeira vez na minha carreira fui para a corrida sem conhecer a pista, o carro e sem treino algum, nenhuma volta antes da bandeira verde. Segui o plano que combinei com meu time #8 antes da corrida e deu certo. Usei primeiro estágio para me adaptar a tudo, o segundo para ajustar o carro e o último pra ser mais agressivos busca de resultado”, disse Paludo.

Em boa prova de recuperação, Paludo terminou em sétimo no misto de Daytona (Foto: JR Motorsports/Ferrari Promo)

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

“O furo no pneu nos jogou pra trás novamente, mas não desistimos nunca. Fui agressivo nas relargadas e consegui ultrapassagens importantes no final. Aprendi muito principalmente com o balanço de freio desse carro, onde me encontrei no terceiro estágio”, completou.

A temporada 2021 está só começando para Paludo. Além de defender o título na Porsche Carrera Cup, ainda retorna à Nascar Xfinity Series para mais duas etapas, em Austin e Mid-Ohio, novamente com a equipe Brandt.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube