Outras

Carrasco, Mercedes e Hamilton recebem indicações e concorrem ao Prêmio Laureus de 2019

Conhecido popularmente como o ‘Oscar do Esporte’, o Prêmio Laureus anunciou os indicados, que vão concorrer ao todo em sete categorias. Ana Carrasco, que fez história ao conquistar o título mundial de Supersport, vai concorrer como Revelação do Ano. Lewis Hamilton disputa o prêmio de Esportista Masculino, enquanto a Mercedes foi indicada ao Time do Ano

Warm Up / Redação GP, de Sumaré
A organização do Prêmio Laureus anunciou os indicados para a disputa das sete categorias em jogo, com a cerimônia marcada para 18 de fevereiro, em Mônaco. Entre os nomes do esporte a motor, destaque para Ana Carrasco, primeira mulher campeã mundial no motociclismo, indicada como Revelação do Ano. Lewis Hamilton, pentacampeão mundial de F1, vai concorrer ao prêmio de Esportista Masculino do Ano. E a Mercedes, dona de cinco títulos consecutivos do Mundial de Construtores, concorre na categoria Time do Ano.
 
O Brasil, por sua vez, tem dois indicados: Maya Gabeira e Gabriel Medina, do surfe. Os dois vão concorrer ao prêmio de Melhor Atleta de Ação.
 
O prêmio de Esportista Feminina do Ano tem como indicadas a ginasta norte-americana Simone Biles, as tenistas Simona Halep, da Romênia, e Angelique Kerber, da Alemanha, a atleta de esqui e snowbord tcheca Ester Ledecka, a triatleta suíça Daniela Ryf e a esquiadora norte-americana Mikaela Shiffrin.
Os indicados ao Prêmio Laureus 2019 (Arte: Laureus)
A categoria Revelação do Ano tem como indicados, além de Ana Carrasco, a jamaicana Briana Williams, do atletismo, o ciclista galês Geraint Thomas, a tenista japonesa Naomi Osaka, Jakob Ingebrigtsen, norueguês do atletismo, e a esquiadora italiana Sofia Goggia.
 
A espanhola conquistou o título da Supersport 300 em 30 de setembro do ano passado, em Magny-Cours, na França, e entrou para a história do motociclismo com apenas 21 anos.
 
Na luta pelo título de Esportista Masculino do Ano, Lewis Hamilton vai enfrentar uma forte concorrência. Nomes de muito peso, como do tenista sérvio Novak Djokovic, o astro da NBA e dos Los Angeles Lakers LeBron James, o queniano e recordista mundial da maratona Eliud Kipchoge e os finalistas da última Copa do Mundo de futebol na Rússia: o francês e campeão do mundo Kylian Mbappé e o vice-campeão e eleito pela Fifa como melhor do mundo, o croata Modric.
 
Quanto ao Time do Ano, concorrem, além da Mercedes, a seleção francesa de futebol, campeã da Copa do Mundo 2018, o Golden State Warriors, campeão da NBA, a equipe olímpica de inverno da Noruega, líder do quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos de PyeongChang, o time europeu da Ryder Cup de golfe e o Real Madrid, campeão da Liga dos Campeões da Uefa e do Mundial de Clubes da Fifa.
Lewis Hamilton e a Mercedes também vão concorrer ao Laureus 2019 (Foto: Mercedes)
A premiação ainda compreende a categoria Retorno do Ano, na qual vão concorrer o patinador japonês Yuzuru Hanyu, o atleta canadense de snowboard Mark McMorris, a atleta paraolímpica holandesa de snowboard Bibian Mentel-Spee, a esquiadora norte-americana Lindsey Vonn, a lutadora indiana Vinesh Phogat e o golfista norte-americano Tiger Woods.
 
O Laureus 2019 vai premiar também o Atleta Paralímpico do ano, e os escolhidos foram a esquiadora eslovaca Henrieta Farkasanova, o atleta grego de bocha Grigorios Polychronidis, o atleta alemão Markus Rehm, a tenista cadeirante holandesa Diede De Groot, a esquiadora norte-americana Oksana Masters e, por fim, o também esquiador Brian McKeever, do Canadá.
 
A lista de indicados ao Laureus 2019 se completa com os concorrentes ao prêmio de Melhor Atleta de Ação. Maya Gabeira e Gabriel Medina disputam a estatueta com a austríaca Ana Gasser, do snowboard, a surfista australiana Stephanie Gilmore, além de Chloe Kim e Shaun White, atletas norte-americanos também do snowboard.