Categorias ‘irmãs’, quadris e UTV’s vivem momentos distintos na edição 2012 do Rali dos Sertões

No Brasil, disputa entre quadriciclos não vingou. Lista de inscritos para a edição de 2012 conta com apenas nove participantes, todos eles brasileiros


Desde 2009, quando o Dakar é realizado na América do Sul, três das quatro competições nos quadriciclos foram vencidas por sul-americanos: os irmãos argentinos Marcos (em 2010) e Alejandro Patronelli, campeão nos dois últimos anos. No Brasil, no entanto, já dá pra dizer que os quadris não vingaram. Disputada no Rali dos Sertões desde 2005, a prova tem como maior vencedor Robert Nahas, único bicampeão da modalidade. No ano passado, a vitória coube ao cearense Tom Rosa, que liderou o pelotão de dez inscritos.
 

Tom Rosa foi o campeão dos Sertões no ano passado (Foto: DIvulgação)


Para a histórica edição do Rali dos Sertões em 2012, o grid dos quadriciclos é ainda menor: são nove os inscritos, todos brasileiros, com destaque para o próprio Rosa, que estampará o número 101 e vai lutar pelo bi com um Yamaha. O cearense larga como grande favorito, mas terá de enfrentar Marcelo Medeiros como seu principal adversário.

Uma das razões para a baixa dos quadris no Sertões 2012 é a entrada dos UTV’s, que entra como categoria experimental na edição deste ano. Os UTV’s são derivados dos quadriciclos, mas são protegidos por gaiolas e têm espaço para um navegador. Dessa forma, muitos pilotos que disputaram a prova nos últimos anos nos quadris acabaram migrando para os UTV’s, caso de Nahas, Carlo Collet e André Suguita.

Em sua primeira vez no Sertões, os UTV’s já conseguiram atrair mais pilotos que a categoria quadriciclos. São 12 os inscritos neste novo certame. Além dos já citados, destaque para dois pilotos que regularmente correm na Porsche Cup, mas que também já disputaram o Sertões outras vezes, nas motos: Carlinhos Ambrósio, que compete ao lado do navegador Dionízio Silva Neto, e Sylvio de Barros, campeão da categoria Challenge, tendo como copiloto Pipo Mirone.

Na teoria, o grande favorito ao título dos UTV’s é Bruno Sperancini, atual líder do campeonato brasileiro. Contudo, em uma categoria nova, nem mesmo a colombiana Martha Marino pode ser descartada da briga pela vitória na etapa final, em Fortaleza. Tudo está aberto na nova categoria do Sertões.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube