Com mais de 1h de vantagem, Karyakin conquista pela primeira vez Rali Dakar na categoria quadriciclos

Sergey Karyakin conquistou neste sábado (14) seu primeiro título do Rali Dakar na categoria quadriciclos. O russo foi apenas o oitavo na especial final, mas já era o suficiente para garantir o sucesso no maior rali do mundo

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Rali Dakar 2017, 12ª etapa

Río Cuatro (ARG) – Buenos Aires (ARG)
Trecho cronometrado: 64 km
Trecho total: 786 km

Sergey Karyakin foi mais um conquistar pela primeira vez o Rali Dakar. O russo foi o melhor na categoria quadriciclos e agora leva o título apesar de terminar a especial final deste sábado (14) apenas na oitava colocação. 

 
Na verdade, Karyakin, que conquistou o quarto lugar na edição do ano passado do maior rali do mundo, entrou na especial final de 64 km com mais de uma hora de vantagem para o rival mais próximo, Ignacio Casale – que venceu o estágio derradeiro.
 
A categoria dos quadris neste ano viu pilotos fortes se despedirem cedo da competição, como foi o caso do brasileiro Marcelo Medeiros, que faturou o primeiro estágio, mas depois sofreu um forte acidente que acabou encerrando sua participação na prova ainda na primeira semana. 
Sergey Karyakin venceu o Rali Dakar nos quadriciclos (Foto: Reprodução/Twitter)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Outro que vinha em boa forma era o boliviano Walter Nosiglia, mas um problema técnico também o deixou na mão. 

 
Mais tarde, o estreante Simon Vitse, que surgiu na liderança antes do dia de descanso, à frente de Karyakin e Alex Dutrie, também enfrentou problemas e acabou sendo superado por Dutrie, que, por sua vez, deixou a disputa no início da segunda semana.
 
Com os abandonos, Karyakin e Casale, ambos correndo de Yamaha, se tornaram os protagonistas da reta final do Dakar. O russo, porém, foi aumentando gradualmente a vantagem sobre o chileno até encerrar a disputa com uma diferença de 1h14min51s na classificação final. O argentino Pablo Copetti completou os três primeiros.

Rali Dakar, classificação geral, quadriciclos:

1 254 SERGEY KARYAKIN RUS TEAM AL DESERT
YAMAHA
39:18:52  
2 251 IGNACIO CASALE CHI XRAIDS
YAMAHA
40:33:43 01:14:51
3 263 PABLO COPETTI ARG MV DEVESA
YAMAHA
43:39:11 04:20:19
4 250 RAFAL SONIK POL SONIK TEAM
YAMAHA
44:52:21 05:33:29
5 280 AXEL DUTRIE FRA YAMAHA AL DESERT
YAMAHA
45:04:16 05:45:24
6 262 BRUNO DA COSTA FRA LA COMPAGNIE DU LIT
YAMAHA
45:16:10 05:57:18
7 261 SANTIAGO HANSEN ARG MEC TEAM
HONDA
45:16:11 05:57:19
8 257 NELSON AUGUSTO SANABRIA GALEANO PAR SANABRIA
YAMAHA
45:30:38 06:11:46
9 258 DANIEL DOMASZEWSKI ARG MEC TEAM
HONDA
45:58:37 06:39:45
10 284 KAMIL WISNIEWSKI POL SONIK TEAM
YAMAHA
47:25:01 08:06:09
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube