Loeb deixa Hyundai no WRC e confirma retorno ao Dakar em 2021 pela Prodrive

O francês de 46 anos volta ao Dakar depois de ter ficado fora na edição de 2020, a primeira do maior rali do mundo na Arábia Saudita

Nove vezes campeão do Mundial de Rali, Sébastien Loeb vai voltar ao Dakar. O francês de 46 anos vai voltar ao rali mais importante do planeta em 2021 depois de ter disputado a prova em quatro oportunidades. A partir de janeiro, Loeb vai acelerar pela equipe Prodrive. A organização liderada pelo britânico David Richards vai correr na Arábia Saudita com o nome Bahrain Raid Xtreme. Ao anunciar o novo desafio, Sébastien também confirmou que deixar a Hyundai, marca pela qual fez um programa parcial com seis etapas no ano passado e duas neste ano no WRC.

Sobre o Dakar, Loeb vai disputar a prova na Arábia Saudita pela primeira vez. As suas quatro participações aconteceram em solo sul-americano. Entre 2016 e 2019, Sébastien correu ao lado do navegador monegasco Daniel Elena pela Peugeot e foi vice-campeão da edição de 2017. Em 2019, voltou a acelerar com o carro da Peugeot, mas de equipe privada, a PH-Sport, e foi o terceiro.

A passagem de Loeb e Elena pela Hyundai foi completada com o terceiro lugar no Rali da Turquia, prova que aconteceu no último mês de setembro. O piloto francês e o navegador receberam de presente da marca sul-coreana uma pá para o próximo desafio no Dakar.

Sébastien Loeb vai voltar ao Dakar em 2021 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao falar sobre o desfecho de um ciclo de dois anos, Loeb agradeceu à marca. Foi a primeira vez que o piloto correu por um carro que não fosse da Citroën no Mundial de Rali.

“Aqui estamos, ao fim da aventura com a Hyundai. E que aventura! Estou muito grato pela oportunidade que me foi brindada nesses dois últimos anos ao oferecerem um programa parcial, totalmente alinhado com as minhas expectativas, dentro de uma equipe muito profissional e em um ambiente muito bom”, destacou.

Loeb rasgou elogios à marca, campeã mundial entre as equipes no WRC no ano passado. E ressaltou que só não disputou mais provas em razão da pandemia, o que paralisou o calendário do esporte a motor e fez com que o Mundial de Rali vivenciasse um hiato de seis meses sem atividades.

“A Hyundai me deu o melhor carro de WRC que já pilotei e estou muito feliz por ter competido no nível mais alto da última geração de carros do WRC. Esses dois anos passaram rápido demais. Vários meses foram abreviados como consequência da pandemia, mas marcou parte da minha carreira com outro título de marcas com o qual contribuí”, disse.

Contudo, Loeb avisa que não é necessariamente um adeus à Hyundai. “Agora, vai ser aberto um novo capítulo em 2021 com a Prodrive no rali. Mas, quem sabe para o WRC… nem a Hyundai nem eu queremos fechar por completo esse livro para sempre”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube