Baptista fica em 5° no Milhão e revela: simulador apontou tática diferente dos rivais

Bruno Baptista foi uma das surpresas da Corrida do Milhão: fez seu primeiro Q3 na Stock Car e terminou em quinto, brigando por pódio até o final. Tudo isso com uma tática diferente dos rivais, que ele revelou ao GRANDE PRÊMIO

Os quatro primeiros da Corrida do Milhão foram nomes que habitualmente estão na briga na Stock Car: Ricardo Mauricio, Gabriel Casagramde, Daniel Serra e Thiago Camilo. Mas o quinto colocado só tem um pódio na temporada: Bruno Baptista.

Ele, que brigou pela terceira colocação até o final da prova, saiu obviamente satisfeito com o resultado – que lhe alçou ao 12° lugar na classificação, com 91 pontos.

Ao GRANDE PRÊMIO, comentou sua atuação: "A minha corrida foi ótima, o ritmo estava muito bom, alcancei o Thiago no final. A equipe me deu um carro bom. Infelizmente faltou um pouco no Q3 da classificação, foi meu primeiro Q3, mas estou evoluindo e chego mais à frente a cada corrida. Espero fechar o patrocínio para o ano que vem e vamos disputar o campeonato", disse o #44.

Bruno Baptista (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Mas o segredo para a boa corrida pode ter vindo de sua preparação: é que em prova em que a maioria dos pilotos acreditava que a sétima colocação no grid seria a ideal para a vitória, pelas mudanças de regulamento do treino de classificação, Baptista e a RCM discordaram. Deu certo.

"Sabíamos que o sétimo era uma posição fantástica, mas o nosso simulador mostrava que quem largasse em primeiro e segundo abriria um gap que seria melhor que sair em sétimo", contou.

Por isso, forçou para tentar a pole-position. Acabou largando em sexto e ganhou uma posição na pista: "Eu queria a pole, tinha carro para isso. Infelizmente não consegui, mas estou evoluindo, todo mundo está vendo e o Meinha (Rosinei Campos, chefe da equipe) está muito feliz comigo aqui", concluiu.

A Stock Car volta daqui três semanas, com rodada dupla no Velopark, dia 15 de setembro. O GRANDE PRÊMIO cobre tudo in loco com o repórter Felipe Noronha. Acompanhe tudo aqui

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar