Casagrande coloca Chevrolet na frente em primeiro treino livre da Stock Car em Londrina

Com atualizações no pacote aerodinâmico, a Chevrolet viu o Cruze liderar a primeira sessão livre em Londrina, quarta etapa da Stock Car em 2020, com Gabriel Casagrande

Com o segundo pacote de atualizações aerodinâmicas liberado, a Chevrolet ocupou a ponta do primeiro treino em Londrina, quarta etapa da Stock Car em 2020, com Gabriel Casagrande. O piloto da R. Mattheis, que anda de Cruze, anotou 1min12s325 para fazer o melhor tempo desta sexta-feira (11) sob o forte calor no Paraná.

A Toyota esteve logo abaixo, porém: Cesar Ramos, pole nas duas etapas anteriores, foi o segundo. O piloto da Ipiranga, que conduz o Corolla, ficou a 0s256 de Casagrande.

Julio Campos foi o terceiro, também de Cruze, carro que outros cinco pilotos do top-10 da sessão têm em mãos: Galid Osman (5°), Daniel Serra (6°), Lucas Foresti (7°), Guilherme Salas (8°) e Átila Abreu (9°). Thiago Camilo foi terceiro com o Corolla, tal como Nelsinho Piquet ficou em 10°.

A Stock Car volta no sábado, às 8h (de Brasília), para o segundo treino livre. A classificação começa às 11h15. O GRANDE PRÊMIO faz cobertura completa da quarta etapa da temporada.

A pista de Londrina sob forte calor (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Saiba como foi o TL1 em Londrina

O grupo 1 abriu os trabalhos em Londrina sob o forte calor de 33°C e Diego Nunes foi o primeiro a comandar a sessão, com 1min13s471 para ocupar a ponta após 10 minutos.

O primeiro a arriscar mais voltas foi Rafael Suzuki, único a dar 10 giros nos primeiros minutos. Foi o suficiente para o quinto lugar na metade da sessão, a 0s250 de Nunes.

Na tradicional arrancada final, Cacá Bueno chegou a assumir a liderança ao anotar 1min13s297, mas foi batido pouco depois por Átila Abreu. Quem fechou a primeira parte na ponta, porém, foi o dono das duas poles de Interlagos, etapa anterior: Cesar Ramos, com 1min12s581, já na última tentativa.

Átila Abreu, da Crown/Shell (Foto: José Mário Dias/Shell)

O duelo Thiago Camilo contra Daniel Serra é que foi o destaque do começo da passagem do grupo 2 pela pista londrinense. Primeiro Camilo, com 1min13s162, foi para terceiro. Serra respondeu com 1min12s957, mas veio o troco, com o piloto da Ipiranga tomando o segundo posto, apenas 0s346 atrás do companheiro Ramos – e só 0s030 melhor que o rival da RC Eurofarma.

Após pausa, os carros voltaram à pista para os 10 minutos finais, e Gabriel Casagrande se enfiou no duelo – no embalo, ainda passou Ramos e assumiu a ponta, por 0s256. Julio Campos chegou ao terceiro posto com 1min12s657, abrindo os cinco minutos derradeiros do dia.

Porém, a emoção não veio: apenas Galid Osman se colocou no top-5, passando Serra na última volta, e deixando o topo de fato com Casagrande – seguido por Ramos, Campos e Camilo.

Stock Car 2020, Londrina, primeiro treino livre:

1G CASAGRANDER.MATTHEIS CHEVROLET 1:12.32512
2C RAMOSIPIRANGA TOYOTA +0.256 14
3J CAMPOSCROWN CHEVROLET +0.33214
4T CAMILOIPIRANGA TOYOTA +0.52612
5G OSMANCROWN SHELL CHEVROLET +0.62816
6D SERRARC CHEVROLET +0.63216
7L FORESTIVOGEL CHEVROLET +0.69514
8G SALASKTF CHEVROLET +0.72114
9A ABREUCROWN SHELL CHEVROLET +0.73913
10N PIQUETFULL TIME TOYOTA +0.84715
11D NAVARROCAVALEIRO CHEVROLET +0.87013
12B BAPTISTARCM TOYOTA +0.91411
13C BUENOCROWN CHEVROLET +0.97215
14A KHODAIRBLAU CHEVROLET +0.98013
15G DI MAUROVOGEL CHEVROLET +1.13215
16D NUNESBLAU CHEVROLET +1.1463
17M ROSSIFULL TIME TOYOTA +1.17112
18P CARDOSOR.MATTHEIS CHEVROLET +1.18615
19M GOMESCAVALEIRO CHEVROLET +1.19711
20R. SUZUKIFULL TIME TOYOTA +1.22516
21R MAURÍCIORC CHEVROLET +1.44012
22R BARRICHELLOFULL TIME TOYOTA +1.65416
23R ZONTARCM TOYOTA +1.75015
24T ANTONIAZIHOT CAR CHEVROLET +2.82215

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube