Serra, Camilo e Maurício dependem só de si: as contas dos 11 candidatos ao título da Stock Car

Dentre os 11 pilotos que podem sair de Interlagos com o título da temporada 2020 da stock Car, três levam a taça se vencerem a corrida: Thiago Camilo, Daniel Serra e Ricardo Maurício. Os outros dependem de combinações

A Stock Car define o campeão de uma boa temporada de 2020 no próximo domingo (13), com carros na pista de Interlagos já a partir desta sexta-feira, com o primeiro treino livre. São 11 os candidatos ao título, um número inflado pelas mudanças de regulamento – e que tinham como objetivo exatamente isso, aumentar a emoção até a derradeira bandeira quadriculada.

Deu certo, e Thiago Camilo, Daniel Serra, Ricardo Maurício, Ricardo Zonta, Gabriel Casagrande, Rubens Barrichello, Cesar Ramos, Allam Khodair, Guilherme Salas, Diego Nunes e Nelsinho Piquet se tornaram candidatos ao título, com todos podendo sair de Interlagos com a taça. Mas o que cada um precisa fazer para isso? Abaixo, o GRANDE PRÊMIO explica.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Os 11 candidatos posam juntos em Interlagos (Foto: Luís Fança/Vicar)
Dependem só de si

Como a pontuação da final é dobrada para a corrida única (40 minutos), uma situação curiosa ocorre: três pilotos dependem só de vencer a prova para ser o campeão. É que o vencedor leva 60 pontos, enquanto o segundo fica com 52, diferença maior do que a entre Camilo, Serra e Maurício.

Camilo é o líder com 238 pontos, enquanto Serra tem 237 e, Maurício, 231. Ou seja, se algum deles vencer, fatalmente se garante à frente dos outros dois, mesmo que algum seja segundo colocado.

Serra e Camilo levam o título se terminarem em segundo e qualquer outro piloto vencer, não sendo Maurício ou o rival direto. Maurício, não: terminando em segundo, precisa que Serra e Camilo fiquem de quarto para trás, e que o vencedor não seja Zonta.

Os 11 carros finalistas (Foto: Luís França/Vicar)
A segunda fila

Os três seguintes na classificação também têm contas parecidas: Zonta (226), Casagrande (224) e Barrichello (224) levam o título se vencerem, mas com Camilo e Serra chegando no máximo em terceiro, e Maurício em segundo.

Chegar em segundo, para estes, até pode servir, mas Camilo e Serra não poderiam passar do quinto posto na corrida, e Maurício do terceiro; a vitória teria de ficar com qualquer piloto do sétimo na classificação para baixo, e não com um dos rivais desta ‘segunda fila’.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Rubens Barrichello chega como sexto colocado (Luís França/Vicar)
Os esperançosos

Ramos tem 203 pontos: se vencer, precisa que Camilo e Serra cheguem no máximo em nono, Maurício em sexto, e Zonta, Casagrande e Barrichello em quinto.

Khodair tem 195 e, caso vença, precisa de Serra e Camilo, no máximo, em 13°; Maurício, em 10°; e Zonta, Casagrande e Barrichello em sétimo. Ramos poderia ser segundo, pois Khodair passaria no número de vitórias, mesmo com a pontuação empatada.

Antes da pista: amigos. Nela, adversários pelo título (Foto: Luís França/Vicar)
Milagres acontecem

Os três restantes têm chances, mas precisam de quase milagres para a taça. Salas tem 190 pontos e, vencendo, teria de ver Camilo e Serra, no máximo, em em 16°; Maurício, em 12°; Zonta, Barrichello e Casagrande, em 10°; Ramos, em terceiro. Khodair poderia ser segundo.

Para Nunes, ainda mais complicado: com 185 pontos, precisa vencer e ver Camilo e Serra de 18° para trás; Maurício, no máximo em 15°; Barrichello, Zonta e Casagrande, todos de 12° ou pior; Ramos, em quarto; e Khodair em terceiro.

Por fim, Piquet (180) só leva o título se vencer, Camilo e Serra zerarem, Maurício ser no máximo 17°, Casagrande, Barrichello e Zonta ficarem de 14° para trás, Ramos chegar em quinto, e Khodair e Salas em terceiro.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

A programação da final Stock Car neste fim de semana vai compreender a realização de apenas um treino livre na sexta-feira. No sábado, está previsto mais um treino livre, pela manhã, e a classificação que vai definir o grid de largada para a decisão, com largada prevista para 12h30 (de Brasília) de domingo. A prova vai ser transmitida pela Band, que volta a ser a emissora responsável pela Stock Car na TV aberta, e no canal por assinatura SporTV 2. O GRANDE PRÊMIO faz cobertura completa.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube