Astro da Nascar, Johnson reúne colegas e fãs em pedal de 69 milhas na Carolina do Norte em tributo a Hayden

Jimmie Johnson organizou um passeio ciclístico de 69 milhas na Carolina do Norte em homenagem a Nicky Hayden. Campeão de 2006 da MotoGP morreu na última segunda-feira, cinco dias após ser atropelado enquanto andava de bicicleta na Itália

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : ‘pt’
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : ‘inread’
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Jimmie Johnson aproveitou um dia de descanso e organizou um passeio ciclístico em homenagem a Nicky Hayden na Carolina do Norte na sexta-feira. O campeão de 2006 da MotoGP morreu na segunda-feira, cinco dias após ser atropelado enquanto andava de bicicleta na região de Rimini, na Itália.

 
O evento organizado pelo sete vezes campeão da Cup contou com a participação de outros pilotos da Nascar, como Matt Kenseth, Jamie McMurray, Chase Elliott, Kasey Kahne e Daniel Suarez, além de integrantes da categoria. Os ex-ciclistas Christian Vande Velde e Tim Johnson também participaram.
Jimmie Johnson reuniu ciclistas para prestar tributo a Hayden (Foto: Hendrick)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

No total, o grupo de cerca de 75 pessoas percorreu 69 milhas (112,2 km), uma referência ao número de Hayden, partindo de Mint Hill e passando por Allen, Midland, Georgeville, Bloomington, Millenport, Stanfield e Brief, antes de retornar ao ponto de partida. O pelotão completou o trecho em cerca de 4 horas.
 
Este, aliás, não foi o primeiro tributo de Johnson a Hayden. Após o acidente, o piloto da Hendrick carregou o #69 do ‘Kentucky Kid’ em seu carro.
 
Durante o evento, Jimmie aproveitou para falar com os presentes sobre a importância da segurança dos ciclistas.
 
“É fácil cair da bicicleta em uma pista molhada ou algo assim e quebrar um punho ou um ombro”, disse Johnson. “Tirar a vida de alguém… saber que um colega piloto foi morto em uma bicicleta, isso abala”, seguiu.
 
“Uma vez que você o conhecesse e passasse tempo com ele, ele e a família eram simplesmente corredores”, comentou Johnson. “O respeito que tenho por isso [é enorme]… Nós trocávamos mensagens, nós provocávamos um ao outro socialmente. Ele veio para a corrida de Indy quando tinha uma lesão no punho e estava apenas passeando e assistindo”, recordou.
 
“Eu era, definitivamente, um fã”, comentou.
 
Todo o time da Hendrick é bastante envolvido com ciclismo, tanto que Johnson estava vestido com uma camisa do time para o passeio.
 
“Sempre tem conflito entre motoristas e ciclistas”, afirmou Johnson. “Ciclistas realmente precisam dar o primeiro passo e obedecer as leis de trânsito”, defendeu.
 
“Mas, ao mesmo tempo, os motoristas precisam entender que as bicicletas não devem andar nas calçadas. Não é a lei. Nós dividimos a rua. Os 30 segundos que você pode perder não valem a vida de alguém que está em uma bicicleta. Acho que todos nós podemos coexistir melhor nas ruas, mas hoje é mais para honrar Nicky”, concluiu.
 
A família do #69 também anunciou a criação de um fundo em memória de Hayden. As doações serão destinadas às crianças da comunidade local.
 
Hayden deixa os pais Earl e Rose, os irmãos Tommy, Jennifer, Roger e Kathleen, a noiva Jacqueline Marin, as sobrinhas Olivia, Klaudia, Vera, Kyla Jo e Kate, e o sobrinho Colt, além de tios, tias e primos.

GENIAL, ALONSO FOI ESPETACULAR NA CLASSIFICAÇÃO EM INDIANÁPOLIS E ENTRA NO PÁREO PELA VITÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = ‘ca-pub-6830925722933424’;
google_ad_slot = ‘8352893793’;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(‘crt_ftr’).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(‘cto_ifr’);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(‘px’)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write('’);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube