Truck
06/10/2018 13:22

Cirino confirma favoritismo e larga na pole em Rivera. Giaffone é segundo

Wellington Cirino comandou as ações no treino classificatório da etapa de Rivera. Melhor na sexta e no sábado pela manhã, Cirino foi preciso no classificatório e garantiu a primeira posição no grid. Felipe Giaffone larga em segundo com Roberval Andrade abrindo a segunda fila
Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
 Wellington Cirino (Foto: Vanderley Soares)
O favoritismo se confirmou. Melhor na sexta e o mais veloz na manhã deste sábado (6), Wellington Cirino comandou a sessão classificatória e vai largar na pole-position pela quarta vez na temporada 2018.

Mas não foi fácil. Com o tempo de 1min33s771, Cirino superou Felipe Giaffone por apenas 0s188. Roberval Andrade teve um problema elétrico de última hora, mesmo assim conseguiu a terceira melhor marca, a 0s544 do pole.
 
André Marques vai largar em quarto, seguido de Giuliano Losacco. Beto Monteiro vai partir do sexto lugar, trazendo junto Régis Boessio e Djalma Fogaça.

A largada para a primeira corrida está marcada para acontecer às 13h05 (horário de Brasília).
Felipe Giaffone divide a primeira fila com Cirino (Foto: Vanderley Soares)
Saiba como foi o treino classificatório da Copa Truck em Rivera
 
Depois de um terceiro treino livre com três pilotos próximos brigando pela primeira posição, a expecativa para a treino classificatório era grande, com boas disputas. Wellington Cirino (Mercedes), Roberval Andrade (Scania) e Felipe Giaffone (Volkswagen) se apresentavam como os principais candidatos ao primeiro lugar no grid de largada.

Wellington Cirino foi o primeiro a sair dos boxes para marcar tempo, seguido de Roberval Andrade, Débora Rodrigues e Djalma Fogaça. Os pilotos tinham 15 minutos para garantir uma vaga entre os oito melhores para, aí então, brigar pela pole-position.
 
Cirino abriu os trabalhos na frente com o tempo de 1min33s467, trazendo Giaffone em segundo e Andrade em terceiro. Na volta seguinte, o #15 progrediu e ficou a 0s005 do caminhão dourado, em segundo. 
 
Pedro Paulo acabou indo para a brita, mas conseguiu voltar à pista. Já Adalberto Jardim, tentando resolver um problema no caminhão, não conseguiu sair dos boxes. Giaffone, com o pescoço travado, voltou para o pit a fim de se poupar fisicamente.
 
André Marques aparecia em quarto, seguido de Giuliano Losacco. Régis Boessio, Witold Ramasauskas e Beto Monteiro fechavam o top-8.
 
Mas aí veio Djalma Fogaça e pulou para sétimo. Já Leandro Totti, 11º, acabou escapando e deu adeus ao treino. No mesmo ponto, Duda Bana acabou rodando.
Público lotou a visitação aos boxes neste sábado (Foto: Vanderley Soares)
Na pista, Monteiro subiu para quinto e tirou Ramasauskas do Top Qualifying. Na busca por melhorar o tempo, Pedro Paulo forçou e acabou rodando mais uma vez.
 
Veio a bandeira quadriculada e os oito classificados foram Wellington Cirino, Roberval Andrade, Felipe Giaffone, André Marques, Beto Monteiro, Giuliano Losacco, Régis Boessio e Djalma Fogaça.

Grid de largada
 
1. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 1min33s771
2. Felipe Giaffone (Volkswagen), 1min33s959
3. Roberval Andrade (Scania), 1min34s315
4. André Marques (Mercedes-Benz), 1min34s767
5. Giuliano Losacco (Iveco), 1min35s384
6. Beto Monteiro (Iveco), 1min35s603
7. Regis Boessio (Volvo), 1min36s567
8. Djalma Fogaça (MAN), sem tempo
9. Fabio Fogaça (Ford), 1min35s866
10. Leandro Totti (Mercedes-Benz), 1min35s997
11. Renato Martins (Volkswagen), 1min36s013
12. Witold Ramasauskas (MAN), 1min36s141
13. Debora Rodrigues (Volkswagen), 1min36s429
14. Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), 1min36s896
15. Luiz Lopes (Iveco), 1min37s110
16. Duda Bana (Volvo), 1min38s335
17. Rodrigo Belinati (Volkswagen), 1min38s937
18. Adalberto Jardim (Ford), sem tempo
19. Danilo Dirani (Mercedes-Benz), não participou