Em meio à pandemia, Cirino vence no retorno monótono da Copa Truck em Cascavel

Mesmo com aumento dos casos de Covid-19 na cidade paranaense, a Copa Truck acelerou. E Wellington Cirino venceu em uma corrida de poucas emoções, seguido pelo estreante Valdeno Brito

Após a paralização por conta da pandemia do novo coronavírus, a Copa Truck começou a temporada 2020 neste sábado (27), em Cascavel, sem muitas emoções. Apesar da cidade paranaense ter registrado 194 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, com três mortes, os caminhões aceleraram na pista normalmente, com protocolos sanitários aplicados.

Na volta do esporte a motor no Brasil, Wellington Cirino, da AM Motorsports, venceu de ponta a ponta a primeira corrida do fim de semana, acompanhado de perto pelo estreante Valdeno Brito, oriundo da Stock Car. O paraibano confirmou a dobradinha da equipe.

André Marques largou na terceira posição e terminou no mesmo posto, garantindo a trinca toda da Mercedes, seguido por Beto Monteiro, o atual campeão da categoria e piloto da Volkswagen. Roberval Andrade e Débora Rodrigues, que protagonizaram bons momentos na prova, terminaram em quinto e sexto, respectivamente. Adalberto Jardim e José Augusto Dias completaram os oito primeiros que invertem as posições para o grid da corrida 2.

A corrida, que teve duração de 40 minutos, teve a presença do Pace Truck durante 10 minutos após o forte acidente de Luiz Lopes.

Confira como foi a corrida 1 da Copa Truck em Cascavel:

A corrida começou desfalcada de Paulo Salustiano. Durante os treinos, o piloto perdeu o controle no fim da reta principal do circuito, bateu com força, e o caminhão chegou a romper o guard-rail. Sem tempo para consertar o veículo, ele ficou fora da prova.

Na largada, Cirino manteve a liderança, seguido por Valdeno e André Marques. O trio rapidamente abriu vantagem para Felipe Giaffone e ficou confortável na liderança da prova.

No fim da primeira volta, Rafael Lopes passou pelos boxes com problemas, mas seguiu na corrida. Um giro depois, o piloto do caminhão #54 abandonou com o motor estourado. Logo em seguida, Giaffone foi para os boxes com problemas.

Com 12 minutos de corrida, Luiz Lopes colocou a roda dianteira direita na grama, perdeu o controle na entrada da reta e bateu com força na barreira de pneus. O Pace Truck precisou entrar na pista para ajudar a retirar o caminhão #99.

Paddockast #67 | Barrichello melhor que Schumacher?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Sem ser pressionado e apenas passeando na pista, Wellington Cirino recebeu a bandeirada em primeiro, seguido por Valdeno Brito, André Marques e Beto Monteiro.

Após 10 minutos de paralisação, a bandeira verde pintou em Cascavel. Cirino manteve a liderança. Atrás, Roberval Andrade e Débora Rodrigues dividiram três curvas lado a lado, com o piloto conseguindo finalmente a quinta posição.

Após a relargada, poucas foram as mudanças entre os líderes da corrida. Beto Monteiro, porém, passou a pressionar André Marques na disputa pelo terceiro lugar. Atrás deles, Débora Rodrigues pressionou Roberval Andrade para reconquistar a quinta posição. A pilota recuperou o posto, mas sofreu muita pressão do adversário. A dois minutos do fim, ele retomou o quinto lugar.

Valdeno Brito na Copa Truck em Cascavel (Foto: Vanderley Soares/+Brasil)
Valdeno Brito estrou na Copa Truck com bom resultado (Foto: Vanderley Soares/+Brasil)

No fim, Wellington Cirino venceu sem ser pressionado, apenas passeando na pista. O piloto foi seguido por Valdeno Brito, André Marques e Beto Monteiro.

A segunda corrida da jornada da Copa Truck em Cascavel está marcada para o domingo, a partir de 13h (horário de Brasília) e com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura SporTV 2.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube