Truck

Martins aproveita grid invertido em corrida 2 acidentada e vence primeira do ano na Copa Truck em Londrina

Renato Martins venceu com folga a segunda corrida da Copa Truck em Londrina. Depois de superar Adalberto Jardim e Luiz Carlos Zapelini, só abriu vantagem para vencer pela primeira vez na temporada 2019

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
E deu Renato Martins na segunda corrida corrida da Copa Truck no circuito de Londrina. Neste domingo (2), o piloto da Volkswagen aproveitou a boa posição de largada, ultrapassou primeiro Luiz Carlos Zapelini, depois Adalberto Jardim e venceu com autoridade.
 
O experiente piloto cruzou a linha de chegada com 5s7 de vantagem para André Marques (Mercedes). Roberval Andrade se esquivou dos problemas e terminou em terceiro.
 
Adalberto Jardim liderou boa parte da prova e concluiu em quarto, enquanto o pole Zapelini completou o pódio no circuito Ayrton Senna.
 
Saiba como foi a segunda corrida da Copa Truck em Londrina
 
Luiz Carlos Zapelini largou na pole, mas não conseguiu se manter muito tempo na liderança. Adalberto Jardim foi para cima, colocou por dentro e assumiu a ponta com seu caminhão Ford.
 
Renato Martins fez o mesmo e empurrou Zapelini para terceiro. Enquanto isso, Wellington Cirino escapou no mesmo ponto de Leandro Totti na corrida 1 e deu um leve toque na barreira de pneus. Apesar disso, conseguiu retornar à pista, que seguia muito molhada. Já Djalma Fogaça deu adeus à disputa com problemas no seu Ford.
 
As condições climáticas não ajudavam. Débora Rodrigues escapou, e quase ao mesmo tempo, Roberval Andrade acabou tocando em Paulo Salustiano, que rodou e bateu no muro.
 
Mais atrás, Beto Monteiro e Roberval Andrade duelavam pelo quinto lugar. O #88 chegou a colocar de lado, mas Andrade jogou duro. Os dois deram um leve toque e Monteiro acabou indo para a grama.
 
Lá na frente, Adalberto Jardim se mantinha na liderança, mas com Renato Martins o seguindo bem de perto. Até que, restando 12 minutos para o fim da prova, Martins fez a ultrapassagem na reta principal. André Marques estava quase 5s atrás da dupla.
 
O #77, aliás, viu Andrade e Monteiro se aproximarem com perigo. Nono colocado, Jaidson Zini perdeu a freada no fim da reta e bateu seu Iveco na proteção de pneus. Mesmo com o caminhão bastante prejudicado, voltou à prova. Depois, se encaminhou para os boxes.
 
Monteiro, enfim, conseguiu ultrapassar Andrade e já sinalizava um ataque a Marques e Jardim. A chuva acabou amenizando, mas a pista seguia muito escorregadia.
 
Marques deixou Jardim para trás e já era segundo. Monteiro tentava a ultrapassagem, mas Jardim se segurava com bravura. Na tentativa no fim da reta, tocou Jardim e rodou. Conseguiu, porém, voltar à briga.
 
Com o toque, quem se aproveitou foi Andrade, que passou os dois e saltou para terceiro.
 
Lá na frente, Renato Martins tinha quase 8s de vantagem e foi tranquilo para a primeira vitória na temporada 2019.

Copa Truck, Londrina, corrida 2:
 
1. Renato Martins (Volkswagen), 13 voltas em 25min13s494
2. André Marques (Mercedes-Benz), a 5s759
3. Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 7s054
4. Adalberto Jardim (Ford), a 18s413
5. Luiz Carlos Zapelini (MAN), a 25s129
6. Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 25s688
7. Fabio Carvalho (Iveco), a 32s556
8. Clodoaldo Monteiro (MAN), a 35s191
9. Beto Monteiro (Volkswagen), a 43s614
10. Luiz Lopes (Iveco), a 1min00s221
11. Jaidson Zini (Iveco), a 1min02s841
12. Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 1min46s108
13. Djalma Pivetta (Iveco), a 1 volta
 
Não completaram
João Maistro (Volvo), a 6 voltas
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 10 voltas
Regis Boessio (Volvo), a 10 voltas
Djalma Fogaça (Ford), a 11 voltas
Pedro Paulo Fernandes (Mercedes-Benz), a 12 voltas
Maikon Lauck (Mercedes-Benz), não largou
Fabio Fogaça (Ford), não largou
Leandro Totti (Mercedes-Benz), não largou
José Augusto Dias (Volkswagen), não largou
Felipe Giaffone (Iveco), não largou