Chefe da equipe BMW Team Brazil, Hermann negocia para ter Abreu na GT Series: “Está 90% certo”

Chefe da equipe BMW Team Brazil, Antonio Hermann revelou que está negociando para ter Átila Abreu na GT Series. Acordo promoveria retorno do piloto de 27 anos à Europa dez anos participação na F3

Dez anos após disputar a F3 Euro, Átila Abreu pode reencontrar o caminho de volta à Europa. Chefe da equipe BMW Team Brazil, Antonio Hermann revelou que negocia para ter o piloto de 27 anos na GT Series em 2015.
 
De acordo com Hermann, está “90% certo” que Abreu se junte ao time para guiar uma Z4 GT3. Átila formaria dupla com Valdeno Brito e a dupla teria a companhia de Ricardo Sperafico em cinco provas de longa duração.
Átila Abreu pode disputar GT Series em 2015 (Foto: Marcus Cicarello/Hyset)
“Átila é um dos pilotos mais rápidos da Stock Car e também teve sucesso quando correu na Europa”, lembrou Hermann. Em 2004, Abreu ficou com o segundo posto na F-BMW, atrás de Sebastian Vettel. 
 
A equipe também contará com Cacá Bueno e Sergio Jimenez, que vai para sua terceira temporada no time. Felipe Fraga aparece como candidato a completar o time nas etapas de longa duração.
 
A visão de Hermann, seus pilotos para a temporada 2015 formam “um dos melhores times do campeonato”.
 
Para a etapa de abertura do campeonato, em 6 de abril, em Nogaro, entretanto a equipe poderia ser bem diferente, já que a data coincide com a etapa de Ribeirão Preto da Stock Car. Hermann afirmou, porém, que ainda trabalha para convencer a categoria brasileira a alterar a data da prova no interior de São Paulo. 
 
Se a data não mudar, Rodrigo Sperafico se junta a Ricardo em uma estrutura de um único carro.
 
“Nós, definitivamente, teremos um carro para os Sperafico, mas estou trabalhando com a BMW para termos alguns pilotos de fábrica no outro carro”, concluiu Hermann.

 

ESCONDENDO O JOGO?

A Williams foi só a quinta equipe em quilometragem total nos dois primeiros testes da pré-temporada da F1 em 2015, mesmo que seu carro não tenha apresentado nenhum grande problema durante as atividades. Engenheiro-chefe da equipe inglesa, Rod Nelson explicou o porquê de o programa de treinamentos ser mais ‘econômico’ que o da concorrência"Não acho que estamos escondendo o jogo", disse o inglês

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube