Chadwick assume liderança na largada, segura Visser e vence pela segunda vez no ano na etapa de Misano

Jamie Chadwick foi novamente dominante. A inglesa ultrapassou Fabienne Wohlwend logo na largada e não foi ameaçada outras vezes, nem pela maior rival na luta pelo título, Beitske Visser, que se aproximou mas não ameaçou. Alice Powell, outra forte candidata, envolveu-se numa batida na largada e sequer pontuou

Jamie Chadwick segue no comando da W Series na temporada inicial. A terceira etapa do campeonato, realizada na manhã deste sábado (8) em Misano, na Itália, marcou a chegada à metade do calendário. Jamie Chadwick, que havia vencido e Hockenheim e chegado na segunda colocação em Zolder, controlou a corrida após assumir a ponta na largada e disparou para vencer. 

 
Quem largou na pole-position foi Fabienne Wohlwend, com Chadwick em segundo, mas a inglesa tomou a ponta com uma partida excelente. Wohlwend patinou bastante e acabou ficando para trás, porque Beitske Visser também passou e assumiu a segunda colocação. Alice Powell tocou a roda da pilota do Liechtenstein e viu o carro levantar pelo lado direito. A sorte pela não capotagem foi cobrada com Powell indo para a brita e abandonando a prova.
Alice Powell levanta voo após batida (Foto: W Series)

O safety-car entrou na pista por conta da colisão, mas Wohlwend escapou sem qualquer problema e seguiu na terceira colocação. Na relargada, Visser sequer conseguiu ser inicisiva contra Chadwick, que voltou a largar melhor.

 
O trio de líderes abriu com relação ao restante e naturalmente Chadwick e Visser foram se afastando de Wohlwend. Com a inglesa em nível acima da rival, a vitória acabou sendo tranquila. Visser teve de se contentar com a melhor volta da corrida, mas o segundo posto, enquanto Wohlwend concluiu o pódio. 
 
Miki Koyama terminou no quarto posto após largar na sexta colocação e Vicky Piria ficou em quinto – melhor resultado das duas, até agora, na W Series. Marta García ficou com a sexta colocação, mas viu a briga pelo título se afastar, enquanto Tasmin Pepper, Sabre Cook, Sarah Moore e Vivien Keszthelyi fecharam o top-10.
O top-3 com Chadwick à frente (Foto: W Series)
A classificação do campeonato conta com Chadwick na dianteira, com 68 pontos, enquanto Visser segue perto, com 55. García tem 35 e já aparece distante, enquanto Powell, que havia ido a dois pódios antes do abandono em Misano, tem 33. Wohlwend (29), Koyama (22), Moore (22), Pepper (18), Piria (12), Cook (4), Gosia Rdest (2), Caitlin Wood (1), Naomi Schiff (1) e Keszthelyi (1) também já pontuaram.
 
A próxima etapa do campeonato é em Norisring, na Alemanha, no dia 6 de julho. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube