F1
21/07/2018 06:35

Hamilton veta presença de Rosberg como entrevistador no pódio do GP da Alemanha, diz jornal

Nico Rosberg estava escalado para conduzir as entrevistas dos pilotos no pódio do GP da Alemanha, mas foi avisado de última hora sobre o cancelamento dos planos. De acordo com o ‘Bild’, a mudança aconteceu a pedido do rival Lewis Hamilton
Warm Up, de Hockenheim / Redação GP, de Porto Alegre
 Nico Rosberg distribui autógrafos no GP do Canadá (Foto: Reprodução/Twitter)

Nico Rosberg estava originalmente escalado para comandar as entrevistas no pódio do GP da Alemanha deste fim de semana, em Hockenheim. Mas uma reviravolta de última hora forçou mudanças: de acordo com o jornal alemão ‘Bild’, Lewis Hamilton pediu a membros da FOM (Formula One Management, grupo que gere a F1) que a participação de Rosberg fosse cancelada.
 
Trata-se da segunda vez que Rosberg é vetado na cerimônia do pódio em 2018. Nico já havia passado pelo mesmo em Mônaco – de acordo com o ‘Bild’, pelo mesmo motivo.
 
“O plano era fazer isso [entrevistas no pódio] em Mônaco e Hockenheim. Nas duas vezes eu já tinha sido liberado pela RTL [rede de TV alemã onde Rosberg é comentarista], mas alguns dias depois veio uma mensagem dizendo que não seria necessário”, disse Nico.
Nico Rosberg estava escalado para fazer entrevistas em Hockenheim. Estava. (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

A ação de Hamilton é consequência da forte rivalidade construída com Rosberg entre 2013 e 2016, quando os dois passaram a ser companheiros de equipe na Mercedes e brigar por vitórias e títulos. Antes amigos próximos, os dois viram a relação azedar com o passar dos anos. A aposentadoria de Nico, consumada após o título mundial de 2016, ainda não parece ter ajudado a melhorar a situação.
 
No GP de Mônaco, Rosberg foi substituído por David Coulthard, também ex-piloto de F1. Ainda não se sabe quem assume a condição de mestre de cerimônia no pódio alemão.