F1
26/03/2018 12:30

Stroll continua revolta contra carro da Williams e lista série de problemas: “Não estamos correndo, apenas sobrevivendo”

Lance Stroll resolveu que chegou a hora de criticar abertamente sua equipe, a Williams. Após um péssimo GP da Austrália para o time de Grove, o canadense citou diversos problemas no carro para justificar a péssima fase e cobrou melhoras
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Lance Stroll (Foto: Williams)

Começou logo após o GP da Austrália, no último domingo (25), e seguiu nesta segunda-feira: a revolta de Lance Stroll contra o carro da Williams.

O piloto canadense, que já havia demonstrado insatisfação com o FW41 após o 14° lugar na prova de abertura da temporada 2018 da F1, seguiu a série de críticas batendo fortemente na equipe.

Desta vez, ele afirmou que a Williams "não está correndo, apenas sobrevivendo" - e listou diversos problemas para justificar a fala.
Lance Stroll (Foto: Williams)
"Já na primeira volta eu tive problema com a configuração, por algum motivo eu estava com o modo de corrida errado e não tive boa execução. Tive que dar a posição para (Esteban) Ocon, isso nos jogou para o fim do grid logo de cara", disse.

"A partir daí sofremos com o ritmo. O carro não estava cooperando da maneira que eu gostaria, o equilíbrio estava péssimo. Tivemos problemas a corrida inteira, até com temperatura. Tive que desistir, não havia como pilotar esse carro", seguiu.

A lista de problemas não acaba por aí: "Eu estava apenas tentando sobreviver, levar o carro até o final. Isso nos custou muito tempo."

"Soubemos o final de semana inteiro que teríamos problemas na corrida. Realisticamente, é difícil apontar só um problema. Temos um monte", concluiu Stroll.
"RECOMEÇA A BRIGA"

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI