Farfus culpa embreagem por largada ruim, mas avalia dia como “especial” por dobradinha com Blomqvist

Augusto Farfus foi pole, perdeu a ponta na largada, mas mesmo assim ficou satisfeito com o final em Oschersleben. A segunda posição atrás apenas do companheiro de equipe, o novato Tom Blomqvist, caiu bem para Farfus

Depois de bater na trave no sábado, Augusto Farfus subiu ao pódio pela segunda vez na temporada neste domingo (13) em Oschersleben. A segunda colocação aconteceu em dobradinha com o companheiro Tom Blomqvist, novato, que sobrou. Com um P2 e um P4, o fim de semana igualou o de Zandvoort como o melhor do ano para o brasileiro da BMW.
 
Farfus largou na pole-position, mas não conseguiu manter a ponta até a primeira curva. Blomqvist largou muito forte, passou de passagem e nunca olho para trás. Não que Farfus tenha tido sufoco – ele jamais foi ameaçado e garantiu a segunda colocação.
O abraço dos companheiro Farfus e Blomqvist após a dobradinha (Foto: DTM)
"Estou bem satisfeito. Acabei perdendo a primeira posição na largada, pois a embreagem não se comportou como o esperado, mas de qualquer maneira foi um resultado extremamente positivo, pois fiz 30 pontos na etapa, e subi para 8º no campeonato", disse. 
 
"Foi um grande fim de semana para a BMW e também para a RBM, com vitória do Tom (Blomqvist) e a primeira dobradinha da equipe no DTM, então realmente foi um dia especial. Esse desempenho nos enche de boas energias para as duas próximas etapas, Nürburgring e Hockenheim, onde sempre andamos bem, então vamos animados para a reta final da temporada", encerrou.
 
Farfus não pensa mais em título, são 73 pontos no campeonato enquanto Pascal Wehrlein, que lidera, tem 140. Mas Nürburgring e Hockenheim são a chance de terminar a temporada em alta.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube