Mundial de Endurance divulga lista com 33 carros e três brasileiros inscritos para 2021

A nona temporada do WEC vai contar com 33 carros divididos em quatro classes para disputar as seis etapas previstas no calendário de 2021. Três brasileiros estão confirmados para todas as provas do Mundial de Endurance deste ano: André Negrão, Felipe Fraga e Daniel Serra

O Mundial de Endurance divulgou nesta quinta-feira (21) a lista de carros inscritos para a disputa da temporada 2021 com 33 participantes divididos em quatro classes no grid.

A temporada 2021 do WEC vai contar com apenas seis etapas, ainda afetada pela pandemia de Covid-19, como no ano passado. O cronograma começa em Sebring, em março, e termina no Bahrein, em 20 de novembro. As 24 Horas de Le Mais, mais tradicional prova do endurance, vai acontecer nos dias 12 e 13 de junho.

Na categoria principal, agora nomeada LMH, os hipercarros vão estrear no Mundial com cinco times. A Toyota, atual campeã, mantém seus trios: Mike Conway, Kamui Kobayashi e Jose Maria López no carro #7; Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley no bólido #8.

Toyota GR010 Hybrid que estreia nesta temporada do WEC (Foto: Toyota)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Rodrigo Mattar: 33 carros no WEC 2021!

A Alpine chega com um carro na LMH e conta com a presença do brasileiro André Negrão. A Glickenhaus Racing também vai disputar a principal classe do grid com dois carros, mas apenas um piloto foi confirmado em cada carro. Gustavo Menezes no #708 e Ryan Briscoe no #709.

A LMP2 terá 11 carros no grid em 2021. Destaque para a Richard Mille Racing, com um trio de pilotas: Tatiana Calderón, Sophia Flörsch e Beitske Visser. A classe ainda vai contar com grandes nomes do esporte a motor, como Juan Pablo Montoya, Jan Magnussen, António Félix da Costa, Stoffel Vandoorne e Anthony Davidson.

A LMGTE Pro conta com apenas quatro carros, divididos entre Ferrari e Porsche. No #52, aparece mais um brasileiro: Daniel Serra, vai correr ao lado de Miguel Molina. Na LMGTE-Am, que conta com 13 times, Felipe Fraga vai acelerar o Aston Martin #33, com Ben Keating e Dylan Pereira.

Daniel Serra vai correr a temporada inteira do WEC (Foto: Luís França/Vicar)

Fréderic Lequien, diretor-executivo do WEC comentou as novidades e as confirmações dos pilotos no grid para 2021.

“Não há dúvidas de que o futuro do endurance parece brilhante e isso é perfeitamente demonstrado pela força e varidade de equipes em nossa lista. Não apenas temos uma nova classe, dos hipercarros, que vai cresce no próximo ano, mas também um número recorde de inscritos no LMP2 e LMGTE-Am”, afirmou.

“Ter seis mulheres no grid também destaca a diversidade em nosso campeonato e no endurance como um todo. A temporada 2021 do WEC será boa de acompanhar”, completou o dirigente.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube