13º no grid, Leclerc amarga eliminação no Q2 na Itália: “Dói ainda mais por estar em casa”

A Ferrari vive mais um fim de semana difícil na temporada. Pole-position e vencedor do GP da Itália no ano passado, Charles Leclerc sequer avançou para a fase final da classificação neste sábado: “É a nossa realidade no momento. Precisamos trabalhar”

quase um ano, Charles Leclerc brilhava em Monza no fim de semana que marcou a conquista da pole-position e vitória no GP da Itália, na casa da Ferrari. O jovem monegasco, que fazia sua primeira temporada pela escuderia de Maranello, caía de vez nas graças dos apaixonados tifosi. Mas a realidade de 2020 é dura e bem diferente do filme que ainda está na retina e foi vivido por Leclerc no ano passado. Neste sábado, o dono do carro #16 não conseguiu mais do que a 13ª colocação do grid de largada em Monza, sendo um dos eliminados no segundo segmento do treino classificatório.

“Dói ainda mais por estar em casa. É a nossa realidade no momento. Precisamos trabalhar”, disse Leclerc depois de registrar 1min20s273 como sua melhor volta neste sábado. O tempo é quase 1s mais lento que a volta feita em 1min19s307 que deu a Charles a pole-position em Monza no ano passado.

Charles Leclerc voltou a sofrer com o ritmo da Ferrari e foi eliminado no Q2 (Foto: AFP)

Mas o piloto de 22 anos revelou que tinha uma expectativa um pouco mais otimista para o sábado. “Esperava um pouquinho mais ao vir para cá no fim de semana. Sabíamos que Spa e aqui seriam as duas pistas mais difíceis para nós. É o que é. É duro”, lamentou.

“Preciso tirar o máximo do carro na situação em que nós estamos, é isso o que tenho de fazer. Com sorte, espero que em Mugello, que também é casa para a Ferrari, seja um pouco melhor”, disse Leclerc, que tentou passar uma mensagem de otimismo.

“Espero que na próxima corrida vejamos uma luz no fim do túnel, porque são dois finais de semana muito difíceis para nós, tentando fazer as coisas no carro. Precisamos seguir focados, permanecer motivados, porque dias melhores estão por vir”, concluiu.

Sem conseguir avançar para o Q3, a Ferrari amargou sua pior classificação num fim de semana de GP da Itália desde 1984. Enquanto Leclerc vai largar em 13º, Sebastian Vettel foi ainda pior, sendo eliminado no Q1. O tetracampeão, que venceu pela primeira vez na Fórmula 1 justamente em Monza, vai iniciar a corrida somente em 17º.

A Fórmula 1 larga para a disputa do GP da Itália, oitava etapa da temporada 2020, às 10h10 (de Brasília) deste domingo. Antes, a partir de 9h, o GRANDE PRÊMIO faz a transmissão AO VIVO do BRIEFING pré-corrida, que analisa a classificação e as últimas informações vindas de Monza. Tudo na GP TV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube