F1

2º, Räikkönen fica satisfeito com Alfa Romeo, mas diz “não fazer ideia” de como começo de temporada vai ser

Kimi Räikkönen segundo mais rápido? Alfa Romeo na frente de Ferrari e Mercedes? O finlandês admite que as primeiras impressões do carro de 2019 são boas, mas evita prever o nível de desempenho do C38 nas primeiras corridas

Grande Prêmio, de Barcelona / VITOR FAZIO, do Circuito da Catalunha
Kimi Räikkönen apareceu em segundo na tabela de tempos nesta terça-feira (20), terceiro dia de testes da Fórmula 1 em Barcelona. O tempo de 1min17s762 foi com sobras o melhor da Alfa Romeo nos testes e basta para deixar boa impressão. Mas com um limite: o finlandês ainda não se atreve a fazer previsões sobre o desempenho da equipe italiana na comparação com rivais.
 
Isso porque Räikkönen, assim como Alfa Romeo, ainda não pensa nos tempos de volta em si. O objetivo inicial é entender o funcionamento do C38.
 
“Foi bom, mas é claro que você sempre quer mais, você quer que não tenha fim. Foram dois dias cheios. Aprendemos muito, mas certamente ainda precisamos aprender mais”, disse Räikkönen em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.
Kimi Räikkönen (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Räikkönen foi superado somente por Daniil Kvyat, que surpreendeu ao levar a Toro Rosso ao topo da tabela de tempos nos últimos minutos de treinos. Isso, todavia, não leva Kimi a pensar que as duas equipes intermediárias vão dar um grande salto de performance em 2019.
 
“É impossível dizer isso com base nos testes. Ainda faltam três semanas para a corrida. Estamos altos [na tabela de tempos], estou feliz com isso, mas não faço ideia de onde vamos estar na primeira corrida. A gente está satisfeito com como o carro está indo, mas ainda é muito cedo. O carro estava bom, mas sempre pode estar melhor”, seguiu.
 
“A gente está apenas nos primeiros dias, claro. Ainda temos muito trabalho e tenho certeza de vou ter muito trabalho nos próximos dias. Mesmo assim, está tudo bem até aqui”, encerrou.
 
Räikkönen cede o carro a Giovinazzi no último dia de atividades da primeira semana de pré-temporada. O trabalho do finlandês ao volante continua na segunda semana, válida a partir da terça-feira (26).

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.