5º, Albon revela problema com pneus em estreia pela Red Bull em Spa

Alexander Albon encontrou um bom resultado, mas por vezes pareceu que o GP da Bélgica teria um desfecho negativo. O tailandês não conseguiu fazer os médios renderem no começo, só encontrando rendimento com os macios

Alexander Albon conseguiu um bom resultado na estreia pela Red Bull, mas seria exagero dizer que tudo correu de acordo com o planejado neste domingo (1º) de GP da Bélgica. O piloto tailandês se complicou com pneus médios que não funcionaram de acordo com o planejado e passou a segunda metade da prova precisando correr contra o prejuízo para terminar em quinto.
 
“Eu fico com sensações mistas, para ser sincero”, disse Albon. “Eu sofri na primeira metade da corrida para aquecer os pneus e não estava em lugar algum. Eu esperava ultrapassar muitos carros. Aí decidimos parar mais cedo e me senti mais confortável no carro”, seguiu.
 
Com pneus macios na segunda metade da prova, Albon virou um foguete contra rivais do pelotão intermediário. A cereja no bolo foi uma ultrapassagem sobre Sergio Pérez na última volta, colocando rodas na grama da reta Kemmel. O que era para ser um sexto lugar virou quinto por conta de problemas mecânicos de Lando Norris, que vinha logo adiante.
Alexander Albon reagiu e salvou um quinto lugar (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

“Os pneus novos sempre são algo legal. Aqui nós fizemos o jogo do DRS. ‘Você primeiro’, ‘não, você primeiro’. A Racing Point é muito rápida nas retas. O DRS é quase bom demais em alguns aspectos”, apontou.

 
O quinto lugar é o melhor resultado na carreira de Albon, superando o sexto alcançado no GP da Alemanha, ainda pela Toro Rosso. O tailandês substitui Pierre Gasly, rebaixado para a equipe B, que cruzou a linha de chegada em nono em Spa.

Charles Leclerc venceu o GP da Bélgica. Lewis Hamilton e Valtteri Bottas completaram o pódio.

Paddockast #31
QUEM NA F1 PASSA DE ANO?

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube