6º, Alonso vê trabalho “muito bom” com estratégia ‘tudo ou nada’ em Baku

Em verdadeiro tudo ou nada, Fernando Alonso foi à pista com apenas um objetivo pela Alpine: conquistar pontos. E o fez, ao sair do GP do Azerbaijão, em Baku, com o sexto lugar. Foi o melhor resultado do bicampeão após seu retorno à F1

Em uma verdadeira corrida maluca, o GP do Azerbaijão neste domingo (6) teve de tudo: ultrapassagens, abandonos, acidentes, bandeira vermelha, uma nova largada com três voltas para o fim e um desfecho inesperado. Em meio a tudo isso, entra Fernando Alonso que, depois de ter largado em nono, ganhou boas posições e herdou outras para cruzar a linha de chegada em sexto, conquistando assim seu melhor resultado com a Alpine neste regresso à Fórmula 1.

No entanto, o asturiano disse que a corrida poderia ter tomado outra direção e tudo ter dado errado em um piscar de olhos.

Fernando Alonso se aproveitou das reviravoltas do GP do Azerbaijão para terminar a prova na sexta posição (Foto: Alpine)

“O carro esteve muito bem. A equipe fez um trabalho muito bom na largada e relargada, o que podemos notar nos últimos três ou quatro GPs. Hoje correu tudo bem, mas poderia dar errado. Nós tivemos um pouco de sorte. Até então estávamos um pouco lentos na corrida. Uma pequena recompensa [abandono de Verstappen] deixa nossa tarde feliz”, explicou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A sexta colocação elevou o espanhol à 11ª posição no Mundial de Pilotos, com 13 pontos. O bicampeão estava em décimo na relargada, dada a três voltas do fim, e conquistou nada menos que quatro posições ao passar Yuki Tsunoda, Daniel Ricciardo e Carlos Sainz, além de ter conquistado mais uma colocação com o erro cometido por Lewis Hamilton na curva 1.

No fim das contas, o veterano conseguiu colocar um sorriso no rosto depois de uma grande jornada em Baku. “A verdade é que estou feliz. Conversei com a equipe e disse a eles que faríamos de tudo. Se a gente perdesse um ponto ou quebrasse a asa, não importava”, disse.

“Me senti mais confortável. Ganhar pontos foi uma pequena recompensa, então agora estou mais feliz”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar