Administradores de Nürburgring são acusados de apropriação indébita de quase R$ 1 milhão

O circuito de Nürburgring está dentro de mais uma crise e agora os administradores da pista são acusados pelo Ministério Público alemão de ficarem com quase R$ 1 milhão indevidamente

A crise no circuito de Nürburgring parece não ter fim. Alegando problemas financeiros, os administradores do circuito não sabem se terão condições de receber a F1 na próxima temporada. E nesta terça-feira (14), o site ‘Motorsport Total’ afirma que Walter Kafitz, Ingolf Duebel e outros dois membros foram acusados formalmente de apropriação indébita de dinheiro.

Os procedimentos feitos pelos quatro diretores foram confirmados pelo Ministério Público alemão. As irregularidades aconteceram na entrada de € 385 mil (pouco mais de R$ 960 mil em valores atuais) entre 2007 e 2009 que seriam usados no financiamento de uma reforma no circuito.

Nürburgring passa por gravde crise e pode ficar de fora da F1 em 2013 (Foto: Red Bull/Getty Images)

Os valores, que não estavam no contrato, foram transferidos do Estado diretamente para os administradores do circuito. Todos os envolvidos serão julgados no dia 16 de outubro.

Alternando com Hockenheim como sede do GP da Alemanha, Nürburgring passa por uma grave crise econômica e teve um empréstimo de € 254 milhões de euros (aproximadamente R$ 640 milhões) aprovado pelo governo para sanar suas dívidas. Caso não seja suficiente, o circuito não deve receber a F1 na próxima temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube